Sportbuzz
Testeira
Futebol / COPA DO MUNDO!

Brasil tem sorte no grupo e precisa de juízo na Copa do Mundo

A tensão no sorteio da Copa do Mundo foi grande, mas o Brasil se livrou de Alemanha e Holanda e caiu num grupo equilibrado; confira!

Lucas Miluzzi Publicado em 01/04/2022, às 14h27

O Brasil terá muita dificuldade em seu grupo na Copa do Mundo - GettyImages
O Brasil terá muita dificuldade em seu grupo na Copa do Mundo - GettyImages

Em meio à uma grande tensão, o Brasil conheceu os seus primeiros adversários na Copa do Mundo. Rodeado de uma expectativa para enfrentar a Holanda e Alemanha, a Seleção Brasileira se contentou com a Suíça e Sérvia como os seus rivais europeus na fase de grupos e ainda viu Camarões entrar no agrupamento, mas não quer dizer que serão jogos fáceis no mundial. 

Numa espécie de repeteco da Copa do Mundo de 2018, invertendo apenas a ordem de jogos entre Suíça e Sérvia, o Brasil pode ter se considerado sortudo no sorteio, mas terá de ter muito juízo contra os rivais, principalmente diante dos dois adversários europeus. Para quem não se lembra, na Rússia, a dupla foi uma grande pedra no sapato da equipe de Tite. 

Canal - SportBuzz

Dentre os adversários do Brasil no grupo G, o rival mais complicado é a Suíça. Em 2018, o time gerou grande dificuldade para a Seleção Brasileira, que encontrou problemas para achar espaços na defesa. Por sinal, o problema deve ser o mesmo no segundo jogo da equipe canarinha no mundial do Qatar. É de se esperar um time suíço bem postado na defesa e explorando contra-ataques. 

Além da coincidência da Suíça e da Sérvia terem caído no mesmo grupo que o Brasil pela segunda Copa do Mundo seguida, a Seleção Brasileira encontrará o mesmo obstáculo também contra os sérvios. Mais altos e fortes, a bola aérea é um perigo para Tite se preparar, enquanto a velocidade não será o ponto de maior destaque dos rivais. 

Seleção Brasileira
Neymar e a Seleção Brasileira vão reencontrar um antigo rival da Copa do Mundo (Crédito: GettyImages)

Fora os dois rivais europeus, que tem como principal característica o jogo físico, Camarões também será outro adversário e o último a encarar a equipe de Tite na fase de grupos. Outra grande coincidência do agrupamento foi a parte física. O rival africano prioriza a parte física e propõe o contra-ataque como alternativa. Desta forma, contra todos, o Brasil terá de ser superior tecnicamente e fisicamente. 

Ou seja, tecnicamente, taticamente e até fisicamente, o Brasil é melhor. No entanto, apesar da sorte no sorteio da fase de grupos da Copa do Mundo, o time de Tite terá de ter juízo. Os rivais são mais fracos, mas são preparados e organizados. Não vai existir tempo para ser apenas favorito, a Seleção Brasileira terá de mostrar muita superioridade dentro e fora das quatro linhas. 

O que você achou do grupo da Seleção Brasileira?

  • Gostei!
  • Equilibrado
  • Complicado

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!