Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Após cotovelada em Raphinha, Otamendi ironiza: "Só bola"

No jogo entre Brasil e Argentina, Otamendi soltou o braço no rosto de Raphinha e o atacante teve que levar cinco pontos no intervalo

Redação Publicado em 17/11/2021, às 14h15 - Atualizado às 14h27

Raphinha sangrou com a cotovelada de Otamendi - Lucas Figueredo/CBF
Raphinha sangrou com a cotovelada de Otamendi - Lucas Figueredo/CBF

O jogo entre Argentina e Brasil foi quente dentro e fora de campo. Durante a partida, Otamendi acertou uma cotovelada em Raphinha e o jogador teve que levar cinco pontos no intervalo. Depois de toda a polêmica se espalhar pelo mundo do futebol, o zagueiro se pronunciou numa publicação da "TyC Sports" e ironizou o lance. 

O zagueiro da Argentina escreveu apenas um "só bola" para o lance. Na oportunidade, Raphinha ficou o restante do primeiro tempo sangrando e teve de ser atendido no intervalo. O árbitro da partida não expulsou o atleta rival e a partida seguiu normalmente. A atitude da arbitragem irritou Tite e sua comissão técnica. 

CONFIRA A PUBLICAÇÃO EM QUE OTAMENDI COMENTOU!

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por TyC Sports (@tycsports)

 

SAIBA O QUE O VAR DISSE PARA O ÁRBITRO NO LANCE!

Nesta quarta-feira, 17, os árbitros Andrés Cunha e Esteban Ostojich foram punidos pela CONMEBOL por erros cometidos na partida entre Argentina e Brasil. A partida, que terminou empatada, ficou marcada por um lance que gerou muita reclamação do lado brasileiro.

Em uma disputa de bola próxima à linha de fundo, Otamendi deixou o cotovelo no rosto de Raphinha, que deixou a jogada com a boca sangrando. Mesmo vendo a lesão e analisando o lance no VAR, os árbitros optaram por aplicar apenas o cartão amarelo.

Responsável pela equipe do VAR na partida, Esteban Ostojich analisou o lance por todas as câmeras possíveis e disse que, apesar do lance contra com um braço erguido na altura do rosto, o lance configurava uma punição com cartão amarelo apenas.

"Eu considero que aqui o golpe é com o antebraço no rosto, com intensidade média. Sim, no rosto. Isto me parece que é falta, para cartão amarelo. Não considero cartão vermelho", falou Esteban.

Em resposta ao erro da arbitragem, a CONMEBOL divulgou uma nota classificando a ação de Otamendi como uma "conduta violenta contra um adversário colocando em risco a integridade física do mesmo com uso do braço no rosto". Com o erro, a entidade anunciou a suspensão dos árbitros por tempo indeterminado.

Confira o vídeo com áudio do VAR


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!