Sportbuzz
Testeira
Futebol / VAI FICAR!

Herói do Botafogo contra Náutico, Rafael Navarro quebra o silêncio sobre futuro

Rafael Navarro marcou dois gols contra o Náutico e ajudou o Botafogo na virada

Redação Publicado em 18/09/2021, às 19h26 - Atualizado às 19h44

Rafael Navarro decidiu para o Botafogo contra o Náutico - Vitor Silva/ Botafogo
Rafael Navarro decidiu para o Botafogo contra o Náutico - Vitor Silva/ Botafogo

Neste sábado, 18, o Botafogo enfrentou o Náutico e conquistou uma vitória importante para a sequência da equipe no Brasileirão. O Glorioso saiu atrás do placar, mas mostrou força e viu Rafael Navarro decidir para o time carioca. Autor de dois gols na partida, o atacante comentou sobre o resultado do Fogão e também em relação ao seu futuro. 

Logo depois do jogo, em entrevista para o "Premiere FC", Rafael Navarro analisou sua atuação diante do Náutico e se mostrou feliz com as duas bolas na rede: "Só tenho a agradecer a Papai do céu pela boa fase. Estou muito feliz de estar podendo ajudar o Botafogo. Espero poder continuar ajudando para a sequência". 

Além de ter ajudado o Botafogo, Rafael Navarro também se tornou o principal artilheiro do time na série B do Brasileirão. O centroavante chegou aos nove gols e ultrapassou Chay, que até o confronto diante do Náutico era quem tinha balançado as redes mais vezes com a camisa do Glorioso na temporada 2021. 

Além de estar vivendo um bom momento dentro de campo, o jogador também está em reta final de contrato com o Botafogo. O centroavante, inclusive, ainda não chegou a um acordo com a sua renovação, mas depois do jogo deste sábado, a torcida do Glorioso ficou mais tranquila com a fala de Navarro. 

"Eu tenho contrato até o final do ano, vou ficar, vou ajudar o Botafogo a subir para Série A e é isso. Feliz", declarou o centroavante, que tem apenas mais três meses de contrato com o Botafogo e pode deixar o clube carioca ao final de 2021. 

COMO FOI A VITÓRIA DO BOTAFOGO!

Neste sábado, 18, o Botafogo chegou a sua quinta vitória consecutiva na série B do Brasileirão. Desta vez, o Glorioso recebeu o Náutico em casa e conseguiu buscar uma virada para garantir os três pontos e assumir, provisoriamente, a vice-liderança. Além disso, a equipe de Enderson Moreira encostou no Coritiba e ficou há quatro pontos do líder. 

No primeiro tempo o Náutico surpreendeu o Botafogo e conseguiu abrir o placar logo de cara com Jean Carlos. Aos poucos o time da casa foi se encontrando e, ainda na etapa inicial, arrancou um empate num golaço de Ayoma. No segundo tempo, o Glorioso virou a partida com Rafael Navarro, que marcou duas vezes e venceu os rivais por 3 a 1. 

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO? 

O Náutico mostrou personalidade diante do Botafogo no início do primeiro tempo e acabou não dando chances para os rivais cariocas. Pressionando a saída de bola alvinegra, os pernambucanos apresentaram grande dificuldade para os donos da casa, que sofreram o gol e, depois disso, acordaram e buscaram o empate ainda nos 45 minutos iniciais. 

Os visitantes não demoraram muito para encontrar as redes no estádio Nilton Santos. Aos oito minutos, Vinicius fez boa jogada pela esquerda e bateu rasteiro para dentro da área. Jean Carlos apareceu sozinho e acertou um lindo chute, sem chances para Diego Loureiro, 1 a 0. 

O Náutico continuou em cima do Botafogo e impôs dificuldades para a saída de bola do Botafogo. Apesar dos donos da casa não terem conseguido começar bem o jogo, ao decorrer da primeira etapa, Enderson Moreira fez algumas alterações de posição e o Glorioso começou a achar espaços no campo ofensivo. 

Um dos principais responsáveis por recolocar o Botafogo no jo foi Marco Antônio. O meia foi para cima da defesa e o jogador acertou alguns bons chutes de fora da área, porém acabou parando na trave e também em Alex Alves. 

Outro que deu trabalho para a meta do Náutico foi Rafael Navarro. Em duas jogadas parecidas, o artilheiro do Fogão quase conseguiu o empate. Na primeira ele invadiu a área e finalizou na rede pelo lado de fora e, em outra jogada parecida e com um pouco mais de ângulo, chutou em cima de Alex Alves. 

Se as tentativas de tabela não estavam dando certo, o Botafogo conseguiu o empate com Luís Oyama. O jogador arriscou de fora da área, a bola desviou na defesa e encobriu o goleiro do Náutico. Um golaço do volante, que entrou na metade de primeiro tempo no lugar de Pedro Castro.

E O SEGUNDO TEMPO? 

Se no primeiro tempo houve um equilíbrio entre as duas partes, já na etapa final o Botafogo foi decisivo e não deu chances para o Náutico. Mantendo o desempenhos da última parte dos 45 minutos iniciais, o time de Enderson Moreira teve posse de bola, volume de jogo e também muita criatividade para fazer o 2 a 1 aos cinco minutos. 

Numa saída de bola errada do time pernambucano, Chay arrancou pelo direita e arriscou uma bomba. Alex Alves conseguiu fazer uma grande defesa, mas Rafael Navarro estava na hora certa para pegar o rebote e colocar a bola no fundo do gol. 2 a 1 e Botafogo em vantagem. 

O Glorioso seguiu em cima do Náutico e quase fez o terceiro com Carlinhos. O lateral cobrou um escanteio com muito veneno, Gilvan se antecipou a marcação e obrigou Alex Alves a operar um grande milagre no estádio Nilton Santos. 

No restante da partida, o Botafogo apenas controlou o jogo e viu o Náutico tentar buscar o empate. A equipe pernambucana ofereceu pouco perigo diante da meta do Glorioso e saiu com mais uma derrota na série B do Brasileirão. Além disso no final da partida, num contra-ataque rápido, Rafael Navarro fez o seu segundo gol e fechou o placar: 3 a 1.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!