Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Bastidores do Cruzeiro: presidente faz forte desabafo e pede desculpas para torcida

Em discurso nas redes sociais, o presidente do Cruzeiro mandou um recado para a torcida da Raposa

Redação Publicado em 14/06/2021, às 14h38 - Atualizado às 14h51

Presidente do Cruzeiro fez forte desabafo sobre situação do clube e mandou recado para torcida - Bruno Haddad / Cruzeiro
Presidente do Cruzeiro fez forte desabafo sobre situação do clube e mandou recado para torcida - Bruno Haddad / Cruzeiro

A fase do Cruzeiro não é das melhores e o time vem acumulando resultados ruins na série B do Campeonato Brasileiro e também uma eliminação precoce na Copa do Brasil. Desta forma, a torcida se manifestou, fez protestos contra Sérgio Santos Rodrigues, que em suas redes sociais fez um forte desabafo e deu sua palavra como presidente da Raposa que as coisas vão melhorar.

Durante o comunicado oficial, Sérgio Santos deixou claro que escutou com toda atenção as manifestações da torcida e prometeu mudanças. Mesmo assim, o presidente do Cruzeiro revelou que ainda sofre com boicotes e que está trabalhando para mudar a situação do clube. 

"Escutei com muito respeito. Sabemos que nem todos são de coração ou isentos de interesses políticos internos do clube ou dos bastidores do universo do futebol, mas não cabe a mim julgar. Cabe ao presidente do Cruzeiro respeitar aos que protestam com o coração", afirmou. O cartola também comentou os áudios vazados em reuniões com torcedores da Raposa. 

"Lamento ver que essas expressões ditas no calor de uma conversa informal tenham sido usadas fora do contexto. Como, por exemplo, ver a narrativa de me tornarem uma pessoa violenta, quando na verdade respondia a insinuação de violência contra minha esposa e filhos. Mas vou me limitar a lamentar o fato e, de novo, desculpar-me com todos que se indignaram ao escutá-las, mesmo não sabendo de todo o assunto falado e do intuito que foram divulgados curtos trechos de uma longa conversa", seguiu. 

O presidente do Cruzeiro também ressaltou que conseguiu encerrar a última temporada com um superávit de R$ 33 milhões, mas que, mesmo assim, não foi o suficiente para recuperar as finanças do clube. Ainda segundo Sérgio Santos Rodrigues, além das dificuldades com a manutenção dos cofres, ele ainda sofre com boicotes políticos. 

"Desde o primeiro dia, eu tenho buscado o diálogo e ajuda de vários cruzeirenses e agentes do esporte, sejam torcedores, empresários, sócios, imprensa, conselheiros, dirigentes. Procurei e recebi muita gente. E saibam também que existem boicotes a quem luta contra o sistema instaurado em 2019", revelou.

O presidente do Cruzeiro encerrou escrevendo que: "Mas eu jamais vou desistir. Seguirei lutando, trabalhando, tentando evitar erros e pedindo que nunca deixem de confiar no Cruzeiro, mesmo que não gostem de mim, que me julguem por isso ou aquilo, ou a qualquer outro dirigente. Pois boicotar ou implodir o nosso Clube é tudo que querem os inimigos (e falsos amigos) desse Gigante Azul".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!