Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » CHAMPIONS LEAGUE!

Barcelona x PSG: Saiba como chegam as equipes para o confronto decisivo da Champions League

Equipes devem ir com força máxima e buscam uma vaga para as quartas de final da competição

Redação Publicado em 15/02/2021, às 19h06 - Atualizado às 20h01

Jogadores de Barcelona e PSG em ação
Jogadores de Barcelona e PSG em ação - GettyImages

Nesta terça-feira, 16,Barcelona e PSG iniciam uma grande disputa por uma vaga na próxima fase da Champions League. Apesar de serem equipes de países diferentes, os dois adquiriram uma grande rivalidade nas últimas temporadas e prometem fazer um grande clássico europeu nas oitavas de final da Liga dos Campeões. 

 

Diferentemente de outras temporadas, os franceses chegam como os grandes favoritos para levarem a classificação para casa. Atuais vice-campeões da Europa, o time de Mauricio Pochettino conta com um elenco entrosado e repleto de craques em boa fase. 

Mbappé, Di María, Neymar, Verratti, Marquinhos e tantos outros tem se destacado na temporada. No entanto, o camisa 10 do PSG e o meia argentino, não vão estar à disposição para o confronto e serão de grande falta para a equipe francesa. 

Apesar do bom time e das altas expectativas criadas em torno do futebol do Paris Saint-Germain, a equipe não faz uma temporada dos sonhos. A maior decepção é na Ligue One, onde o elenco ainda não se encontrou e tem demonstrado dificuldade para liderar o Campeonato Francês. 

A campanha não é das melhores e o Paris chegou a ficar até na terceira colocação da competição. Atualmente, o time ocupa a segunda posição, atrás apenas do Lille, que está um ponto na frente dos campeões franceses da última temporada. 

Pelo lado do Barcelona, a equipe vive um momento de muita reformulação e insegurança na temporada. Com grande dificuldade financeira, o Barça acabou tendo que se desfazer de muitos dos seus principais craques e começou a apostar em atletas mais jovens. 

Além disso, também aproveitou para mudar o seu comando técnico para a jornada de 20/21 e trouxe Ronald Koeman. O nome do ídolo do Barcelona não é uma unanimidade na Catalunha e apresentou dificuldades neste início de Campeonato Espanhol. 

Sofrendo para encaixar o time e colocar o seu estilo de jogo, a equipe demorou para entender o que o treinador propunha.O Barça lutou no meio da tabela da La Liga e amargou uma eliminação da Copa do Rei para o Sevilla, mas tem demonstrado força nos últimos jogos. 

COMO TEM SIDO A TEMPORADA DAS DUAS EQUIPES? 

Como dito acima, são perspectivas diferentes para temporada, quando o assunto é dinheiro e investimento na contratação de jogadores. No entanto, os momentos das equipes dentro de campo e nos campeonatos não são tão distintos como pareciam ser. 

O PSG já conquistou um título na temporada, quando venceu o Olympique de Marselha, por 2 a 1, em partida válida pelo Troféu dos Campeões da França. Apesar disso, a atual temporada não tem sido compatível com as expectativas geradas em torno do atual elenco no início da jornada 20/21. 

Com a chegada de peças como Danilo Pereira, Kean, Rafinha, esperava-se um Paris Saint-Germain com mais opções e um estilo de jogo mais ofensivo. O trio tem correspondido com as expectativas e ajudado o time com gols e assistências. 

Mesmo com mais opções em todos os setores, o PSG não fez um bom início de ano no Campeonato Francês e na Champions League. Na Ligue One sofreu para encostar nos líderes e ainda busca uma regularidade na competição, enquanto na Liga dos Campeões se classificou de última hora para as oitavas. 

Todo esse desempenho fez com que o time pedisse por uma mudança e sobrou para Thomas Tuchel. O alemão deixou o comando técnico do time francês e, em seu lugar, assumiu Pochettino, que ainda busca um estilo de jogo ideal. 

Enquanto isso, o Barcelona vive um momento diferente, apesar de um início de temporada muito complicado. As polêmicas saídas de Arthur, Suárez e Rakitic, quase ocasionaram na despedida de Lionel Messi, que acabou permanecendo, mas deixando um clima tenso nos bastidores do clube catalão. 

Além de todo esse problema de relacionamento com o maior ídolo da história do Barça, coube a Ronald Koeman gerir uma crise financeira no clube e apostar em nomes pouco conhecidos de grande parte da torcida e dos fãs do futebol. 

Com elenco muito inferior, se comparado com os de outros anos, o holandês sofreu para conseguir encaixar o time. Em momento de irregularidades, o Barcelona chegou a ficar mais perto da zona de rebaixamento do que a de classificação para a próxima Champions. 

No entanto, demonstrou grande recuperação e, por mais que o título esteja distante, o Barça assumiu a terceira colocação e briga diretamente contra o Real Madrid pela vice-liderança da La Liga. Antes disso, o time demonstrou grande força na Champions League desta temporada. 

Num grupo com a Juventus, a equipe de Koeman apresentou um excelente futebol e venceu cinco dos seis primeiros jogos. No entanto acabou perdendo a liderança de seu agrupamento, depois de ter sofrido um 3 a 0 dentro de casa para a Vecchia Signora. 

A TEMPORADA DO PSG EM NÚMEROS! 

  • 33 jogos, 23 vitórias, três empates e sete derrotas
  • Classificado para as oitavas de final da Champions League 
  • Classificado para a próxima fase da Copa da França 
  • Segundo colocado do Campeonato Francês 
  • Artilheiro na temporada: Kyllian Mbappé (18 gols) 
  • Artilheiro na Champions League (Neymar 6 gols) 

A TEMPORADA DO BARCELONA EM NÚMERO!

  • 34 jogos, 22 vitórias, cinco empates e sete derrotas
  • Classificado para as oitavas de final da Champions League 
  • Eliminado da Copa do Rei 
  • Terceiro colocado do Campeonato Espanhol
  • Artilheiro na temporada: Lionel Messi (19 gols)
  • Artilheiro na Liga dos Campeões: Ousmané Dembélé (3 gols)

DESFALQUES PARA O JOGO! 

O PSG não vai poder contar com Neymar e Di María, ambos estão se recuperando de lesão e vão precisar de mais tempo para estarem prontos para a Champions League. A tendência é de que o argentino atue na partida de volta, enquanto o brasileiro fique de fora dos dois jogos.      

Pelo lado do Barcelona, a equipe não vai ter os lesionados Philippe Coutinho, Ansu Fati e Piqué. Além deles, Ronald Araújo, Sergiño Dest e Sergi Roberto aparecem como dúvidas para a grande partida desta terça-feira, 16. 

RETROSPECTO! 

O primeiro encontro entre os dois times foi em março de 1995, quando Barcelona e PSG se enfrentaram pela Liga dos Campeões. Na primeira oportunidades, os dois empataram, mas depois os franceses venceram por 2 a 1 e continuaram na competição. 

Totalizando todas as partidas, os catalães e franceses se enfrentaram em 12 oportunidades, com três vitórias do Paris Saint-Germain, quatro do Barcelona e cinco empates. O maior confronto entre os dois foi em 2017, quando o Barça reverteu o agregado de 4 a 0 e venceu em casa com um histórico placar de 6 a 1.  

VEJA OS NÚMEROS! 

  • Três vitórias do PSG
  • 18 gols marcados pelo PSG  
  • Maior goleada do PSG no confronto direto: 4 a 1, em 2017
  • Quatro vitórias do Barcelona
  • 23 gols marcados pelo Barcelona
  • Maior goleada do Barcelona no Confronto 6 a 1, em 2017
  • Cinco empates 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!