Sportbuzz
Testeira
Futebol / PARTIDA HISTÓRICA!

Barcelona x Bayern de Munique: O que mudou nas equipes desde o 8 a 2 em 2020?

Na última vez que as equipes se encontraram, os alemães aplicaram a maior goleada da história das quartas de final do torneio

Lucas Cesare Publicado em 13/09/2021, às 19h23 - Atualizado às 19h40

O que mudou nas equipes de Barcelona e Bayern de Munique desde o histórico 8 a 2? - Getty Images
O que mudou nas equipes de Barcelona e Bayern de Munique desde o histórico 8 a 2? - Getty Images

Pouco mais de um ano atrás, no dia 14 de agosto de 2020, o Bayern de Munique vencia o Barcelona por 8 a 2 nas quartas de final da Champions League, a maior goleada já registrada por um time nesta fase da competição e a maior derrota sofrida pelo Barcelona na história da Liga dos Campeões.

Aquela Champions terminaria com o título arrasador do Bayern de Munique, com 100% de aproveitamento, vencendo todos os jogos. A brilhante equipe, comandada por Hansi Flick, ainda acabaria se sagrando campeã de todas as competições que disputou na temporada, um feito histórico. O Barcelona, por sua vez, passou a temporada 19/20 sem levantar um único troféu.

De lá para cá, muita coisa mudou, uma temporada inteira já se passou e os times definitivamente não são mais iguais ao que eram antes. Por isso, o SportBuzz preparou para vocês um especial, mostrando tudo o que mudou nas equipes de Barcelona e Bayern de Munique pouco mais de um ano após o histórico 8 a 2:

 

 

TROCA DE TREINADORES

Começando pela comissão técnica, ambas equipes não possuem mais os mesmos treinadores que costumavam ter naquela época. Pelo lado do Barcelona, o comandante era Quique Setién, contratado do Real Bétis, que, após sete meses no comando do clube, não conseguiu obter sucesso no trabalho e foi demitido do cargo minutos após  o fatídico 8 a 2, dando lugar ao holandês Ronald Koeman, atual treinador do time.

Já o Bayern de Munique, após a temporada histórica realizada por Hansi Flick (que até então havia assumido como técnico interino), acabou optando por manter o alemão no cargo por mais uma temporada. Em 2020/21, o time conquistou as Supercopas da UEFA, e da Alemanha, além de mais uma Bundesliga, até que o treinador deixou o cargo para assumir a Seleção Alemã, sendo substituído por Julian Nagelsmann, então comandante do RB Leipzig.

MUDANÇAS NOS TIMES

Com relação ao elenco, muita coisa também mudou em ambos os lados. Pelo lado do Barcelona, a equipe que foi à campo tinha: Ter Stegen; Semedo, Piqué, Lenglet e Jordi Alba; Sergi Roberto, Busquets, de Jong e Vidal; Messi e Suárez.

Dos 11 que iniciaram aquela partida, quatro não se encontram mais no time. São eles: Nelson Semedo, atualmente no Wolverhampton, da Inglaterra, Vidal, campeão italiano na última temporada com a Inter de Milão, Luis Suárez, atual campeão espanhol com o Atlético de Madrid e Lionel Messi, recém contratado pelo PSG.

Além destes, também entraram Antoine Griezmann e Ansu Fati. O primeiro retornou ao seu antigo clube, o Atlético de Madrid, e o segundo sofreu uma lesão grave no joelho esquerdo e não atua desde novembro de 2020.

 

 

Já pelo lado do Bayern de Munique, os 11 que entraram em campo foram: Neuer; Kimmich, Boateng, Alaba e Davies; Thiago e Goretzka; Gnabry, Müller e Perisic; Lewandowski. Também entraram durante o jogo: os franceses Tolisso, Coman e Lucas Hernández, o alemão Süle e o brasileiro Philippe Coutinho.

Dos 15 jogadores que atuaram, cinco não fazem mais parte do elenco: Boateng, recém contratado pelo Lyon, Alaba, que se transferiu ao Real Madrid nesta temporada, Thiago, contratado pelo Liverpool na temporada 20/21, Perisic, que retornou à Inter de Milão e Coutinho que retornou ao Barcelona, ambos estavam emprestados.

REFORÇOS

Para a temporada que se inicia, o Barcelona contratou mais do que o rival bávaro. Apostando principalmente em jogadores em fim de contrato, o clube catalão se reforçou com as chegadas do zagueiro Eric García, além dos atacantes Kun Agüero, Memphis Depay e Luuk de Jong.

Já o Bayern de Munique apenas “roubou” algumas peças do RB Leipzig. Além do técnico Julian Nagelsmann, o clube ainda trouxe o zagueiro Upamecano e o meia Sabitzer, ambos de saída do rival alemão.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!