Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Barcelona: Koeman detona saída de Griezmann e avalia ida de Messi ao PSG

Koeman viu o elenco do Barcelona sofrer grande mudança com saída de Messi para o PSG e o retorno de Griezmann ao Atléti

Redação Publicado em 08/09/2021, às 14h02 - Atualizado às 14h17

Koeman comenta saída de Messi e Griezmann do Barcelona - GettyImages
Koeman comenta saída de Messi e Griezmann do Barcelona - GettyImages

A crise financeira afetou o Barcelona para a temporada de 2021/22. O time acabou perdendo nomes como Messi e Griezmann, o primeiro foi para o PSG e o outro acabou deixando o clube praticamente nas últimas horas da janela de transferências. Koeman não ficou muito satisfeito com o ocorrido e expressou sua insatisfação em entrevista ao jornal "Sport". 

 

Ronald Koeman foi questionado pelo diário espanhol sobre a ida de Griezmann ao Atlético de Madrid. O treinador revelou que o empréstimo do atleta não estava nos planos, porém devido a crise financeira, a saída do francês foi importante para a saúde financeira do clube. Mesmo assim, o holandês deixou claro que não gostaria de ter perdido o atacante no final da janela. 

"No primeiro dia em que cheguei, Messi queria ir embora, com o famoso burofax. Depois veio a delicada situação financeira do clube, também a moção de censura e a demissão de Bartomeu e da diretoria. São muitos problemas. Não tem sido fácil. Um exemplo de que eu quero ajudar o clube é a decisão tomada com o Emerson. Eu disse ao clube que se o dinheiro importante que pode ser ganho, o Emerson poderia ser vendido porque tínhamos Dest, Mingueza e até o Sergi Roberto. Não fui intransigente neste sentido", começou. 

O presidente do Barcelona ainda seguiu: "Com o Griezmann foi igual, mas com o agravamento que aconteceu no último dia. Foi uma m***. O Griezmann tinha um ótimo contrato e se saísse ajudaria a melhorar o do clube situação financeira. É por isso que concordei com sua saída".

Além dos exemplos citados por Koeman em relação ao cuidado financeiro que o Barcelona teve na última janela de transferências, o treinador também comentou sobre a saída de Messi. Ronald lembrou da tentativa de saída no início da temporada passada e também da maneira como o argentino foi demonstrando evolução em relação ao elenco. 

"Foi um golpe muito forte. Todo o planejamento da temporada foi feito com ele na equipe. O Leo, além disso, depois do que aconteceu na temporada passada com o burofax, estava super motivado, em um nível muito alto. Claro que perder o melhor do mundo assim é uma coisa que dói e afeta você. Procuramos sempre criar um ambiente e uma equipe em que o Messi se sinta confortável. Ele viu que neste elenco há pessoas com um grande futuro e sentia-se muito querido conosco", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!