Sportbuzz
Testeira
Futebol / CHAMPIONS LEAGUE!

Barcelona empata com Benfica e se complica na Champions League

Barcelona irá decidir vaga na última rodada da fase de grupos da Champions League, quando enfrentará o Bayern de Munique; empate com Benfica frustrou planos de Xavi

Redação Publicado em 23/11/2021, às 17h09 - Atualizado às 18h51

Barcelona e Benfica acabaram ficando no 0 a 0 na Champions League - GettyImages
Barcelona e Benfica acabaram ficando no 0 a 0 na Champions League - GettyImages

O Barcelona se complicou na Champions League. Nesta terça-feira, 23, o time recebeu o Benfica e uma vitória era o suficiente para conquistar uma vaga para as oitavas de final, porém isso não aconteceu. O Barça teve uma boa atuação, pressionou os rivais portugueses, criou chances, mas não conseguiu tirar o 0 a 0 do placar e terá que decidir sua vaga contra o Bayern de Munique. 

Com o empate sem gols, o Barcelona seguiu na segunda posição do grupo, mas apenas dois pontos o separa do Benfica. Desta forma, só uma vitória na última rodada da Champions League pode proporcionar ao Barça uma classificação para as oitavas de final da competição. 

 

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO?

Um grande primeiro no Camp Nou. Em clima de decisão, o Barcelona pressionou, partiu para cima e foi ao ataque em buscar de um gol para abrir o placar. Enquanto isso, o Benfica tentou ao máximo dificultar para o Barça na defesa e também explorou a bola aérea para tentar surpreender e dar trabalho para Ter Stegen. 

A equipe comandada por Xavi apresentou um futebol ofensivo, de posse de bola e pressão na saída. Além disso, o Barcelona procurou passes em velocidade para pegar a defesa rival de surpresa e levar perigo para a meta do Benfica. Foi desta forma, que Depay saiu em velocidade, driblou o goleiro e tocou errado para Demir. Porém, no início do lance, holandês estava impedido. 

Vlachodimos ainda trabalhou em algumas oportundidades para manter o 0 a 0 no placar. Demir, em outra grande jogada pela esquerda, partiu para cima do marcador, cortou para o meio e bateu no canto. No entanto, o goleiro do Benfica fez uma grande defesa com as pontas do dedo. Além disso, o arqueiro também defendeu numa finalização de Ronald Araújo. 

O Barcelona teve grande domínio durante praticamente todo o primeiro tempo e perdeu chances incríveis com Gavi e Jordi Alba. O Benfica estava em dificuldades na partida, porém conseguiu se encontrar num dado momento e até chegou a fazer Ter Stegen trabalhar e também a balançar as redes no Camp Nou. 

Nas duas oportunidades, os portugueses criaram numa grande sequência de escanteios. Na primeira, Cebolinha colocou na cabeça de Yaremchuk e o centroavante obrigou Ter Stegen a fazer um milagre. No lance seguinte, em outra bola parada, Otamendi acertou um chute de primeira, marcou o gol, mas arbitragem viu o cruzamento fazer um arco por fora das quatro linhas e anulou. 

Ainda no final do primeiro tempo, Demir quase marcou um golaço. O atacante recebeu na direita, partiu para o meio, limpou a marcação e bateu colocado. A bola foi em direção ao ângulo, mas acabou carimbando o travessão e saindo pela linha de fundo. Com esse lance, a etapa inicial se encerrou com um 0 a 0 no placar do Camp Nou. 

E O SEGUNDO TEMPO?

O segundo tempo entre Barcelona e Benfica continuou sendo de muita tensão e boas chances de gol para os dois lados. A equipe da casa foi quem teve mais a posse, pressionou e também procurou espaços em velocidade para surpreender os portugueses. O time de Jorge Jesus, por sua vez, apostou as fichas em contra-ataques e levou perigo. 

O Benfica sofreu com as jogadas pela direita. Se no primeiro tempo foi Demir quem ofereceu problemas a defesa rival, na etapa final Dembélé recebeu a chance e foi importante. No seu primeiro lance na partida, partiu para individualidade, driblou os defensores e colocou na cabeça de Gavi. Na oportunidade, Vlachodimos operou um grande milagre e jogou pela linha de fundo. 

Antes da entrada do francês, o Barcelona tinha o controle, mas não conseguiu ser incisivo no ataque. A melhor oportunidade foi com Memphis Depay, o holandês recebeu uma linda bola de Busquets, invadiu a área, deixou o zagueiro no chão, mas na hora de finalizar, Otamendi apareceu e mandou para linha de fundo. 

Do outro lado, Jorge Jesus colocou Darwin Nuñez para surpreender o Barcelona. O treinador do Benfica apostou no uruguaio e o atacante deu trabalho. Sempre em velocidade, o jogador finalizou contra a meta de Ter Stegen e também procurou armar jogadas ofensivas para tentar abrir o placar no Camp Nou. 

O Barcelona seguiu em cima do Benfica e tentou de todas as formas para tentar abrir o placar e conseguiu com Ronald Araújo. Jordi Alba cruzou para a área e o zagueiro apareceu livre e chutou de primeira no canto de Vlachodimos para fazer 1 a 0. No entanto, o VAR flagrou um impedimento no lance e anulou o tento. 

O Barça ainda buscou alguns ataques, mas quem teve a chance da partida foi Seferovic. O atacante driblou Ter Stegen, ficou sem goleiro e chutou para fora, Uma chance perdida clara e que levou Jorge Jesus à loucura. Placar final: 0 a 0. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!