Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / EITA!

Bahia: Mano Menezes aciona clube na Justiça e pede bolada

Bahia foi acionado por Mano Menezes na Justiça do Trabalho por conta de valor do FGTS e de multa do período em que esteve no comando do Tricolor

Redação Publicado em 02/06/2022, às 16h16

Bahia é acionado por Mano Menezes na Justiça - GettyImages
Bahia é acionado por Mano Menezes na Justiça - GettyImages

O Bahia terá Mano Menezes novamente em seu dia a dia, mas não será de uma boa forma como poderíamos esperar. Acontece que de acordo com as informações do site "GE", o treinador, que hoje comanda o Internacional, acionou o seu ex-clube no Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região por atraso no recolhimento do FGTS no período em que ficou no clube.

Comandando o Bahia de 8 de setembro a 20 de dezembro de 2020, Mano Menezes estaria pedindo um valor de indenização que chegaria na casa dos R$ 291 mil, sendo que a publicação destaca que desse total R$ 192 mil seriam somente de multa. Vale lembrar que o treinador foi contratado com um contrato válido até 31 de dezembro de 2021.

Canal - SportBuzz

No entanto, por conta dos resultados apresentados dentro de campo, seu vínculo foi encerrado bem antes desta data, no dia 20 de dezembro de 2020. Assim, com 21 partidas com Mano Menezes no comando, o Bahia venceu sete, empatou uma e perdeu 13. Quando ficou afastado depois de pegar coronavírus, o Tricolor conquistou uma vitória, um empate e uma derrota.

A chegada

Mano Menezes foi o nome que a diretoria do Bahia encontrou em comum acordo para ocupar a vaga até então deixada por Roger Machado. Sua contratação contou com a expectativa de uma melhorar no desempenho defensivo do time, que até a sua chegada estava na difícil luta contra o rebaixamento no Brasileirão, e queria alcançar objetivos maiores do que não cair.

Bahia é acionado por Mano Menezes na Justiça
Bahia é acionado por Mano Menezes na Justiça (Crédito: GettyImages)

No entanto, nesses 21 jogos que o comandante ficou na área técnica do Bahia, o Tricolor sofreu 34 gols. Para se ter uma ideia do motivo pelo qual a diretoria e os torcedores acharam melhor demitir o técnico, o time baiano só se salvou do rebaixamento nas últimas rodadas da competição, causando um verdadeiro sentimento de revolta.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!