Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / EITA!

Avaí se pronuncia oficialmente sobre cânticos homofóbicos

A torcida do Avaí entoou frases homofóbicas na última partida contra o São Paulo, válida pelo Brasileirão; clube catarinense quebrou o silêncio

Redação Publicado em 06/06/2022, às 16h11

Torcida do Avaí - Frederico Tadeu/Avaí FC/Flickr
Torcida do Avaí - Frederico Tadeu/Avaí FC/Flickr

Avaí e São Paulo se enfrentaram em partida válida pela 9ª rodada no Campeonato Brasileiro de 2022, no último sábado, 4. No entanto, o confronto entre as equipes não foi o único marco em campo: a torcida do time catarinense conduziu cânticos homofóbicos durante a disputa, direcionados a Anderson Daronco.

Os adeptos do Avaí gritaram “gaúcho viado”, em menção direta ao árbitro. Daronco paralisou o jogo, que estava em seu último minuto, e só retomou o duelo quando os versos foram interrompidos. A atitude de cunho preconceituoso foi registrada na súmula da partida, o que pode render punições ao Leão da Ilha.

CANAL - SPORTBUZZ:

Em nota, o clube de Florianópolis se manifestou sobre o caso: “O AVAÍ FUTEBOL CLUBE registra, inicialmente, que condena veementemente qualquer tipo de discriminação ou atos de natureza preconceituosa. O clube, por meio de sua Diretoria, atletas e torcida condenam tais práticas e por isso o clube atua constantemente no engajamento para a conscientização e comunicação com seus torcedores e visitantes”.

O pronunciamento ainda dizia: “A torcida do Avaí é reconhecida nacionalmente por sua força e pela beleza de suas grandes festas no apoio ao time. Não é necessário que se utilize de qualquer cântico homofóbico ou de cunho discriminatório, e por isso pedimos desculpas àqueles que de alguma forma se sentiram constrangidos”.

Avaí e São Paulo
Anderson Daronco (meio) na partida Avaí x São Paulo (Créditos: Frederico Tadeu/Avaí/Flickr)

Na conclusão, o Azurra pontuou: “Por isso, o Avaí Futebol Clube, que já tem abordado o tema por meio de suas redes sociais, sistemas de som e telões no estádio, irá intensificar e trabalhar ainda mais para que atos de discriminação sejam definitivamente eliminados dos estádios brasileiros e mundiais. Todos merecem respeito e é isso que faz o futebol uma grande paixão. A mesma paixão que temos que ter pelo respeito ao próximo”.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!