Sportbuzz
Testeira
Futebol / COLETIVA!

Auxiliar de Cuca dispara ao avaliar derrota do Atlético-MG: "Inadmissível"

Cumprindo suspensão, Cuca não comandou o Atlético-MG

Redação Publicado em 28/06/2021, às 15h01

Cuca já vem sendo pressionado no Atlético-MG - Pedro Souza / Atlético / Flickr
Cuca já vem sendo pressionado no Atlético-MG - Pedro Souza / Atlético / Flickr

Na noite do último domingo, 27, o Atlético-MG visitou o Santos na disputa da sétima rodada do Brasileirão e foi derrotado pelo placar de 2 a 0. Com o revés, a equipe de Cuca chegou ao terceiro jogo seguido sem vitória.

Logo após o jogo, Cuquinha concedeu entrevista coletiva e avaliou a atuação e o resultado do Galo. Vale destacar que o auxiliar foi quem comandou a equipe na rodada, já que Cuca estava suspenso após ser expulso diante do Ceará.

 

Na análise do jogo e do momento do Atlético-MG, Cuquinha disparou ao relembrar os pontos perdidos pela equipe até o momento. Para ele, os resultados são inadmissíveis para quem almeja brigar pelo título do Brasileirão.

Disputamos nove, conseguimos um ponto só. Pros nossos objetivos, que é estar na ponta, buscando título, é inadmissível. Vamos ter que correr atrás. (...) Vai fazer falta lá na frente, sim, com certeza. (...) E a instabilidade do time, eu não tenho como te explicar. Não é isso que a gente trabalha, não é isso que a gente treina”, iniciou Cuquinha.

O emocional fica abalado, lógico. Pela circunstância do resultado no Ceará, tomando gol no último minuto, pelo resultado de hoje (domingo), tomando o segundo gol (no fim), mas já estava perdendo. Mas não pode tomar gol do jeito que tomou. Além do Brasileiro, daqui a uns dias começa o mata-mata de Libertadores, de Copa do Brasil. E a gente tem que trabalhar o todo. Não podemos oscilar do jeito que está oscilando, fazer três, quatro partidas boas, daqui a pouco três, quatro irregulares (...)”, completou.

VOLTA DE NACHO

Questionado sobre a volta de Nacho Fernández, que se recupera do novo coronavírus, Cuquinha não deu certeza sobre a data de retorno do meio-campista, mas afirmou ter esperanças de que o argentino esteja disponível para o próximo jogo do Atlético-MG.

Não tenho certeza, mas acho que, na quinta-feira, ele vai estar disponível já. Lógico que, com a Covid, não vai estar 100%, mas acho que já vai estar à disposição. Faz muita falta. Faz falta o armador, faz falta o jogador que chama a responsabilidade, faz falta até para a criatividade do time, que mais uma vez ficou devendo”, encerrou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!