Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » SELEÇÃO DO GABÃO

Aubameyang e Seleção do Gabão dormem em chão do aeroporto antes de partida pela Copa Africana das Nações

O atacante, o restante da equipe e a comissão técnica ficaram mais de seis horas esperando para entrarem na República da Gâmbia

Redação Publicado em 16/11/2020, às 13h40

Aubameyang e a Seleção Gabonesa ficaram mais de seis horas esperando para entrarem na República da Gâmbia
Aubameyang e a Seleção Gabonesa ficaram mais de seis horas esperando para entrarem na República da Gâmbia - Getty Images

Pierre-Emerick Aubameyang e seus companheiros da Seleção Gabonesa passaram por uma situação nada legal na madrugada deste domingo, 15, para segunda-feira, 16. Junto com a comissão técnica, ficaram mais de seis horas presos no aeroporto esperando autorização para entrar na República da Gâmbia.

Nesta segunda-feira, 16, a Seleção do Gabão enfrenta a Gâmbia pelas Eliminatórias da Copa Africana das Nações. Aubameyang compartilhou vídeos e fotos em seu Instagram mostrando os companheiros deitados no chão do aeroporto enquanto esperavam a devolução de seus passaportes.

Desde 11h30. Ainda esperando para entrar na Gâmbia. E nos jogamos amanhã 16h”, postou Aubameyang às 2h31 da madrugada.

Instagram @aubameyang97
Instagram @aubameyang97

Sem problemas, eles não vão nos desencorajar”, compartilhou o atacante minutos depois.

Instagram @aubameyang97
Instagram @aubameyang97
Instagram @aubameyang97
Caption

Omar Sey, da Confederação Africana de Futebol (CAF), afirmou que os jogadores não entregaram os resultados dos testes e se recusaram a fazer o exame no aeroporto. O Governo da Gâmbia exige o resultado negativo de testes de COVID-19 realizado nas últimas 48 horas antes de entrar no país.

Em seu Twitter, Aubameyangpostou uma foto no ônibus às 5h56 da manhã com a equipe indo ao hotel e criticou a postura da CAF.

Isto não vai nos desmotivar, mas as pessoas têm de saber o que aconteceu, e sobretudo a CAF tem que assumir responsabilidades. Estamos em 2020 e queremos que a África cresça, mas não é assim que vamos chegar lá. Fomos prisioneiros”, disse Aubameyang.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!