Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Atraso salarial e novo técnico: Presidente do Santos abre o jogo sobre situação do clube

Andrés Rueda deixou claro que o novo treinador tem que entender a maneira como o Peixe joga

Redação Publicado em 10/02/2021, às 16h27 - Atualizado às 17h17

Cuca em ação pelo Santos
Cuca em ação pelo Santos - Ivan Storti/Santos FC

O Santossurpreendeu na temporada de 2021 e conseguiu arrancar um vice-campeonato da Libertadores da América. Repleto de problemas nos bastidores do clube e com muitos atrasos salariais, o atual elenco acabou superando essas adversidades e praticando um bom futebol. 

 

Mesmo assim, o Peixe deve passar por algumas mudanças nas próximas semanas. Com a saída de Cuca praticamente determinada, a equipe terá de ir atrás de um substituto e Andrés Rueda quer alguém que conheça como o time joga. 

 "Tudo será conversado para que não ocorram divergências no futuro. O combinado não é caro. Vamos trabalhar com critérios objetivos. Os jogadores que o treinador indicar serão avaliados em todos os sentidos, inclusive no aspecto clínico. E quando eu digo clínico, quero dizer também que o jogador será avaliado psicologicamente. E, claro, a questão financeira também será analisada. Se a contratação não for factível, se não se adequar à situação financeira do Santos, não será concretizada", disse em entrevista para o Terceiro Tempo. 

Ele ainda seguiu falando sobre o possível novo treinador do Peixe: "O próximo técnico do Santos terá de ser nosso parceiro. Terá de conhecer as características do clube. Ele vai precisar ter facilidade para trabalhar com a nossa base. Este é o perfil do Santos".

O novo comandante santista também terá que entender a situação financeira do Santos no atual momento. Sem condições para ser agressivo no mercado e com muitos débitos com a Fifa, o presidente do Peixe também revelou que o clube possui salários atrasados. 

"Para ser bem preciso, estamos atrasados três dias em relação ao salário de janeiro, que deveria ter sido pago no último dia 5 de fevereiro. Mas vamos quitar. E também ainda não pagamos a premiação pela classificação à semifinal da Copa libertadores da América. Mas mantemos diálogo constante com os jogadores e a comissão técnica sobre estas questões", concluiu.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!