Sportbuzz
Testeira
Futebol / TENTATIVA!

Atlético-MG tenta reverter suspensão de Nacho Fernández; entenda!

Nacho Fernández foi expulso contra o River Plate e deve ser desfalque no Atlético-MG

Redação Publicado em 13/08/2021, às 15h36

Nacho Fernández deve ser desfalque no Atlético-MG - Pedro Souza / Atlético / Flickr
Nacho Fernández deve ser desfalque no Atlético-MG - Pedro Souza / Atlético / Flickr

Na última quarta-feira, 11, o Atlético-MG conquistou um resultado bastante expressivo na partida de ida das quartas de final da Libertadores. Contra o River Plate, a equipe venceu por 1 a 0 fora de casa, mas teve a expulsão de Nacho Fernández como ponto negativo.

Diante disso, o Galo pretende reverter a suspensão de Nacho Fernández na Conmebol. Na tarde desta sexta-feira, 13, a equipe mineira divulgou nota oficial para esclarecer a situação e dar mais detalhes sobre os próximos passos no imbróglio do meia argentino.

 

O Atlético apresentou, ontem (12), requerimento à CONMEBOL com objetivo de anular as consequências do cartão vermelho aplicado ao atleta Nacho Fernández, na partida contra o River Plate, no último dia 11”, iniciou o clube.

O pedido é fundamentado em irregularidade na revisão do lance, que violou as normas da entidade, conforme observado nos áudios e imagens divulgados pela CONMEBOL. O árbitro de campo só poderia ser chamado pelo VAR para realizar a checagem do lance caso os operadores interpretassem a ocorrência de suposta infração por 'força excessiva'", completou.

O pedido do Atlético-MG é baseado no áudio do VAR divulgado pela Conmebol. Durante a revisão do lance, os árbitros apontam a entrada de Nacho Fernández como de “força média”. Na visão do clube, a cabine do vídeo só poderia chamar o juiz em caso de “força excessiva”.

Os operadores do VAR caracterizaram, repetidamente, o lance como "força média", onde seria cabível tão apenas a apresentação do cartão amarelo, hipótese essa em que o juiz de campo não poderia ter sido chamado para revisar o lance, sendo manifestamente desproporcional a aplicação da expulsão”, continuou.

’Estamos confiantes na revisão do lance. A fundamentação é inequívoca’, afirmou Luiz Fernando Ribeiro, diretor jurídico do Atlético. Em caso de êxito no recurso, o atleta fica liberado para atuar na próxima partida”, finalizou a nota do Atlético-MG.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!