Sportbuzz
Testeira
Futebol / ALÍVIO!

Atlético-MG deve faturar quantia milionária após venda de atacante; entenda!

Em situação financeira delicada, Atlético-MG pode ter um grande alívio nos próximos dias

Redação Publicado em 25/09/2021, às 12h47

Em situação financeira delicada, Atlético-MG pode ter um grande alívio - GettyImages
Em situação financeira delicada, Atlético-MG pode ter um grande alívio - GettyImages

Vivendo momento financeiro delicado, o Atlético-MG pode ganhar um ‘presente’ para lá de especial nos próximos dias. Por ter revelado o atacante Carlos, o clube brasileiro deve receber certa quantia pela venda do jogador, que está se transferindo ao Al-Shabab.

Desde que vendeu Carlos, o Galo manteve 34% dos direitos econômicos do jogador. Por conta disso, a ida do atacante ao Al-Shabab deve render uma boa quantia aos cofres do clube, já que a porcentagem dá direito a boa parte do valor total da negociação.

 

As informações são do site GE. Vale destacar que Carlos ainda segue vinculado ao Santa Clara, de Portugal. Porém, a negociação pela venda do jogador está bastante adiantada e deve ser finalizada nos próximos dias.

Segundo a publicação, o Atlético-MG deve receber algo em torno de R$ 5,7 milhões pela venda de Carlos. A princípio, o clube português prometeu enviar os valores ao time brasileiro até o próximo final de semana.

Por conta dos 34%, o Atlético-MG vai receber cerca de R$ 5,2 milhões. Além do valor citado, o clube ainda tem direito a algo próximo de R$ 500 mil por conta do mecanismo de solidariedade estipulado pela Fifa.

SITUAÇÃO DELICADA!

Apesar do bom momento vivido dentro de campo, o Atlético-MG tem alguns motivos para se preocupar quanto à questão financeira. Com ajuda de investidores, o clube vem conseguindo se manter, mas tem ciência do tamanho atual da dívida.

Por conta da questão financeira, o dirigente Rodrigo Caetano abriu o jogo sobre o momento financeiro do Galo. Segundo ele, os valores das dívidas geram preocupação. No entanto, o diretor de futebol citou os investidores como fundamentais para manter uma forte equipe

Sempre é preocupante (dívida). O objetivo como eu disse é que nós possamos ter essa independência e geração de receitas que nos tornem menos dependentes desses chamados quatro R’ s (Rubens Menin, Ricardo Guimarães, Renato Salvador e Rafael Menin) que hoje praticamente subsidiam o clube”, falou Caetano em entrevista à Rádio Grenal.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!