Sportbuzz
Testeira
Futebol / COPA DO BRASIL

Atlético-MG: Cuca pede ‘pés no chão’ na final da Copa do Brasil

Técnico Cuca elogiou o elenco do Atlético-MG após goleada no jogo de ida da final da Copa do Brasil, no Mineirão, mas evitou cravar título do Galo antes do jogo da volta na Arena da Baixada

Redação Publicado em 13/12/2021, às 09h04

Atlético-MG: Cuca pede ‘pés no chão’ na final da Copa do Brasil - PEDRO SOUZA / ATLÉTICO / FLICKR
Atlético-MG: Cuca pede ‘pés no chão’ na final da Copa do Brasil - PEDRO SOUZA / ATLÉTICO / FLICKR

O técnico Cuca exaltou o elenco do Atlético-MG após a vitória por 4 a 0 sobre o Athletico-PR neste domingo, 12, no Mineirão, pela primeira final da Copa do Brasil. O resultado deixou o Galo a uma derrota de até três gols de diferença para faturar o título na próxima quarta-feira, 15, na Arena da Baixada.

Essa vitória é do grupo, não do time, porque não começou hoje”, disse Cuca em entrevista coletiva.

Canal SportBuzz:

“Ela teve o pessoal que foi para Porto Alegre jogar um jogo complicadíssimo contra o Grêmio e fazer um jogo de alto nível. Conseguimos preservar 100% do time e dentro dessa preservação fazer um jogo de intensidade como fizeram hoje”, completou o treinador.

Um dos destaques da primeira final foi o atacante Eduardo Vargas, autor de dois gols no Mineirão. O treinador avaliou a atuação do atacante e falou da escolha pelo camisa 10, que entrou no lugar do lesionado Diego Costa, aos 12 minutos do primeiro tempo. Os gols de Vargas saíram na segunda etapa, aos 10 e aos 23 minutos, confirmando a goleada do Galo.

“Ainda bem que deu certo, né? Se não desse, agora você estava me metendo o cacete. Faz parte, né? Foi um momento que pensei que o jogo estava mais pra um atacante de velocidade do que pra um armador. Depois, no segundo tempo, tiramos o atacante de velocidade e usamos o armador. Acho que agimos na hora certa e a prova disso é que o Vargas foi decisivo e que foi o goleador da tarde/noite”, completou.

Nacho Fernández, Igor Rabello e Eduardo Vargas (Crédito: GettyImages)

 

Apesar do placar confortável, Cuca evitou cravar o título do Atlético com antecedência. O técnico do Galo voltou a destacar o elenco alvinegro e falou do comprometimento de sua equipe. O time mineiro enfrenta o Athletico-PR na próxima quarta-feira, 15, às 21h30 (de Brasília), na Arena da Baixada, pelo jogo de volta da decisão da Copa do Brasil.

“Hoje é uma situação muito favorável, mas não é definitiva. Então tem que tomar cuidado, ser humilde, pé no chão, porque na quarta-feira é uma Arena da Baixada cheia e um adversário que vai tentar de todas as formas reverter”, completou o treinador.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!