Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » COLETIVA!

Atlético-MG: Cuca defende estilo de jogo, mas cita 'frustração' por derrota

Cuca ainda analisou a atuação do Atlético-MG diante do Fortaleza

Redação Publicado em 31/05/2021, às 15h01

Cuca vive bom momento no Atlético-MG
Cuca vive bom momento no Atlético-MG - Pedro Souza / Atlético / Flickr

Na estreia do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG foi surpreendido pelo Fortaleza dentro de casa e conheceu a primeira derrota no torneio. Apesar do tropeço inesperado, a equipe de Cuca já foca suas atenções no primeiro desafio na disputa da Copa do Brasil.

Porém, o Galo ainda precisa corrigir alguns erros para seguir bem na temporada. Logo após a derrota na estreia, Cuca concedeu entrevista coletiva e classificou o resultado como uma “frustração muito grande”. Segundo ele, a equipe precisa entender o revés.

Sim, um campeonato de regularidade que você começa irregular. É lógico que é uma frustração muito grande, mas a gente tem que saber perder. A gente tem que entender as derrotas e tirar lições dela”, avaliou Cuca.

Já na análise do jogo, Cuca ressaltou o bom primeiro tempo jogado pelo Atlético-MG. No entanto, o treinador reconheceu que a etapa final não foi das melhores e admitiu que a derrota para o Fortaleza foi justa.

Primeiro tempo, um jogo muito intenso de lado a lado, acho até que nós merecemos sair com a vitória parcial. Já no segundo tempo, nós ficamos muito abaixo do que a gente pode, em todos os sentidos, físico, técnico, tático e merecemos perder. Ainda tivemos a bola do jogo para fazer o 2 a 1 aos 47 minutos, e aos 48, tomamos o gol da virada. Por mais doloroso que seja a gente tem que reconhecer que foi um placar justo pelo que o Fortaleza fez, principalmente no segundo tempo”, analisou.

PROPOSTA DE JOGO

Questionado sobre a proposta de jogo do Atlético-MG, Cuca pediu para que os jogadores possam manter as ideias aplicadas até o momento. Para ele, a equipe precisa insistir em uma saída de bola qualificada e sem sustos.

Na saída de bola, nós temos que continuar insistindo com uma saída de bola qualificada, não adianta a gente bater tiro de meta de um lado e de outro porque não é a nossa característica. Mesmo com um risco maior, você tem que insistir na saída de bola, e no segundo tempo, nós não fizemos isso. Então isso é uma das lições que a gente tira, arrumar esses defeitos, entre aspas, que nós apresentamos hoje no jogo, os dois gols que nós tomamos foram dois gols muito parecidos (contra-ataque) e que a gente tem que evitar isso no futuro”, finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!