Sportbuzz
Testeira
Futebol / DESCULPAS!

Atlético-MG: Cuca admite erro e pede desculpas para árbitro; veja!

Cuca se revoltou após derrota do Atlético-MG e disparou ofensas ao juiz

Redação Publicado em 25/06/2021, às 18h24

Cuca se revoltou após derrota do Atlético-MG - Pedro Souza / Atlético / Flickr
Cuca se revoltou após derrota do Atlético-MG - Pedro Souza / Atlético / Flickr

Após ser expulso diante do Ceará, Cuca não demorou para reconhecer o erro e se desculpar com o árbitro Leandro Pedro Vuaden, que foi chamado de "vagabundo" pelo treinador do Atlético-MG. Vale destacar que a atitude do técnico aconteceu após o apito final.

Na tarde desta sexta-feira, 25, Cuca divulgou uma nota oficial para se desculpar com Vuaden. Segundo ele, a raiva veio à tona após o árbitro expulsar o treinador. Apesar disso, o comandante do Galo reconheceu que não deveria ter usado algumas palavras contra o juiz.

 

"Primeiramente, quero deixar claro que jamais tive problemas com o Vuaden, que sempre foi muito competente e correto nos jogos em que trabalhei. (...) Ontem, não houve ofensa alguma até o momento em que ele me deu um injusto cartão vermelho. Reconheço que, depois disso, perdi o controle (...) Nunca poderia ter usado as palavras que usei, exageradas, injustas e que não expressam de forma alguma o que eu penso sobre ele e o que eu sinto por ele", iniciou Cuca.

"Não tem justificativa o meu ato ali. Falar de tudo o que eu vivi e o que todos têm vivenciado, ou das circunstâncias do jogo, nada disso serviria como argumento. Venho, portanto, com toda humildade, me retratar e pedir desculpas ao árbitro e ao homem Vuaden", completou.

SÚMULA DO JOGO!

Logo após a partida, Leandro Pedro Vuaden relatou todo o episódio vivido com Cuca depois da derrota do Atlético-MG. Segundo o árbitro, o treinador se revoltou e disparou palavras pesadas contra a pessoa e a atuação do profissional dentro do duelo.

"Expulsei com cartão vermelho direto, após o término da partida, o técnico da equipe Clube Atlético Mineiro, senhor Alexi Stival, por adentrar ao campo de jogo e vir em minha direção proferindo as seguintes palavras: ‘você me dá azar na vida, ainda bem que vou largar para não precisar conviver com pessoas como você. Tenho nojo. você é um gaveteiro’".

"Após visualizar o cartão vermelho, continuou proferindo as seguintes palavras: ‘sem vergonha, se eu cruzar com você na rua te dou umas tapas na cara’, inclusive fazendo menção e se aproximando dizendo ‘vagabundo, vagabundo’. O mesmo foi contido e retirado por integrantes da sua comissão técnica e jogadores da equipe do Ceará".

"Quando eu estava na área mista, me dirigindo ao vestiário da arbitragem, o mesmo proferiu as seguintes palavras: ‘vagabundo, vagabundo, vai ter CPI hoje porque você me pediu voto para a sua esposa’. Informo ainda que me senti extremamente ofendido em minha honra pelas palavras proferidas contra a minha pessoa.”


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!