Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Atacante se recusa a jogar e presidente do América-MG detona: "Não estou acostumado com molecagem"

Jogador estaria sendo sondado por diversas equipes do futebol brasileiro

Redação Publicado em 18/03/2021, às 19h53

Ademir é um dos destaques do América-MG
Ademir é um dos destaques do América-MG - GettyImages

Nesta quinta-feira, 18, o América-MG entrou em campo para encarar o Treze na primeira fase da Copa do Brasil. Apesar da vitória por 1 a 0 e a classificação para a próxima fase, a equipe mineira terá que lidar com um sério problema nos bastidores.

Relacionado para a partida, o atacante Ademir teria se recusado a sair do hotel e partir rumo ao estádio. Quem compartilhou a história foi Alencar da Silveira Júnior, presidente do Conselho de Administração do América-MG.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, Alencar classificou o episódio como “molecagem”. Segundo o dirigente do Coelho, o empresário de Ademir teria ligado para o jogador e afirmado que alguns clubes estão interessados em seu futebol.

O que aconteceu hoje é coisa que não pode acontecer no futebol. Primeiro, o empresário ligar para o jogador e dar a notícia que existe time interessado. Ele se recusou a vir para o jogo. O profissional não pode fazer isso. E isso, no América, eu não aceito, e ninguém na diretoria nossa aceita. Ele tem que respeitar o América”, iniciou Alencar.

Antes de ser jogador de futebol, ele tem que ser profissional. Eu não estou acostumado com molecagem. Fez isso uma vez, não vai ter oportunidade de fazer de novo. Só sai do América se tiver proposta boa. Eu quero respeito para o nosso time. Respeito do clube que perdeu, e do empresário que fez o que fez. Ficou no hotel e vai ser penalizado”, completou.

A recusa de Ademir em ir para o jogo do América-MG acontece justamente após uma declaração do empresário Alexandre Soares. Em entrevista ao site Esporte News Mundo, o agente confirmou ter recebido sondagens de quatro grandes clubes do futebol brasileiro.

Quatro dos seis maiores clubes do Brasil solicitaram informações sobre o atleta, mas foram apenas sondagens”, afirmou o empresário.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!