Sportbuzz
Testeira
Futebol / GUERRA NA UCRÂNIA

Atacante Lucas Rangel celebra gol após deixar guerra na Ucrânia

Atacante Lucas Rangel, que deixou a Ucrânia após o início da guerra com a Rússia, voltou a balançar as redes e celebrou o momento que está vivendo

Redação Publicado em 09/05/2022, às 15h42

Atacante Lucas Rangel celebra gol após deixar guerra na Ucrânia - Facebook/Sabah FK
Atacante Lucas Rangel celebra gol após deixar guerra na Ucrânia - Facebook/Sabah FK

Atacante Lucas Rangel voltou a balançar as redes após deixar a guerra na Ucrânia! Após o início dos conflitos entre Ucrânia e Rússia, muitos jogadores deixaram o país buscando um lugar seguro para dar segmento às suas carreiras. Entre eles Lucas Rangel, que defendia o Vorskla Poltava, conseguiu assinar um contrato curto, de apenas 3 meses, com o Sabah FK, do Azerbaijão, marcou seu primeiro gol pelo novo clube e celebrou o momento:

“Estava buscando esse gol desde o início, mas a bola estava teimando em não entrar. Graças a Deus, pude marcar um gol que foi muito importante para a gente no jogo de ontem. O meu pensamento é sempre estar ajudando, então, poder fazer um gol é sempre motivo de alegria. Espero seguir marcando e ajudando o Sabah”, afirmou Lucas.

 

CANAL - SPORTBUZZ: 

Na luta para deixar a Ucrânia, Lucas Rangel passou por um momento muito difícil. Foram cinco dias na tentativa de sair do país europeu. Nesse período, o atacante chegou a não ter o que comer e também ficou dias inteiros sem poder dormir.

Toda essa situação acabou prejudicando a forma física do atleta, porém agora, após o seu primeiro gol pelo Sabah, Lucas acredita que está recuperando o condicionamento ideal e espera continuar evoluindo vestindo a camisa do novo clube:

Lucas Rangel celebra gol pelo Sabah FK
Lucas Rangel celebra gol pelo Sabah FK - Site oficial/Sabah FC

 

“Passei por momentos de grande dificuldade para deixar a Ucrânia, e isso, com certeza, tirou um pouco da minha condição física. Foram vários dias sem me alimentar direito, sem dormir direito, andando a pé e sem me exercitar. Sem contar a parte psicológica, que depois de tudo que a gente viveu, com certeza, é o que mais pesa. Nos últimos jogos, tenho me sentido melhor e vejo que tenho evoluído”, concluiu o jogador.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!