Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » COMPLICADO

Associação Nacional dos Árbitros defende xixi feito por juiz no gramado: "Incontinência urinária"

ANAF contou que Dênis Ribeiro não tinha tomado o remédio para prevenir o caso antes da partida

Redação Publicado em 12/03/2021, às 11h27

Árbitro faz xixi dentro de campo na Copa do Brasil
Árbitro faz xixi dentro de campo na Copa do Brasil - Transmissão Premiere

Depois que o vídeo do árbitro alagoano Dênis Ribeiro Serafimviralizou por ele ter urinado dentro de campo antes da partida entre Boavista e Goiás, a Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (ANAF) saiu em defesa do profissional.

A entidade emitiu na manhã desta sexta-feira, 12, uma nota explicando o que aconteceu naquele momento.

Segundo ela, Dênis Ribeiro sofre de incontinência urinária e não tomou remédio que poderia prevenir isso antes de jogo. Mencionou ainda que, de acordo com estimativa da Sociedade Brasileira de Urologia, mais de 10 milhões de pessoas são acometidas pela doença no país.

A nota ainda ressalta que Dênis é um árbitro qualificado, que ganha espaço no cenário nacional e passou por um grande constrangimento. 

"(Dênis) não merece receber qualquer tipo de punição na esfera desportiva. Já basta a condenação pública e equivocada das redes sociais nas últimas horas", defendeu a ANAF.

Em outra parte, a nota chama atenção para os julgamentos precipitados nas redes sociais.

"As redes sociais são implacáveis. Condenam, difamam e transformam em chacota sem ao menos dar oportunidade de 'defesa' à vítima", destaca a Associação dos Árbitros em um dos trechos.

O presidente da ANAF, SalmoValentim também usou o "Twitter" para prestar solidariedade a Dênis.

Confira a nota na íntegra:
 
"As redes sociais são implacáveis. Condenam, difamam e transformam em chacota sem ao menos dar oportunidade de “defesa” à vítima. Posturas que a @anaf.brasil não só repudia como combate. A entidade vem a público prestar solidariedade ao árbitro Dênis da Silva Ribeiro. A sua boa atuação em Boavista x Goiás, na noite da última quinta-feira pela Copa do Brasil, terminou ofuscada por uma situação extremamente incômoda para quem, assim como ele, tem incontinência urinária. No Brasil, cerca de 10 milhões* de pessoas são acometidas por essa doença. Dênis não havia tomado o remédio antes da partida e, por isso, acabou passando por esse constrangimento flagrado pelas câmeras de TV. Pedimos empatia à sociedade e discernimento à CNA da @cbf_futebol para avaliar esse caso. Dênis é um árbitro experiente, de qualidade técnica reconhecida e não merece receber qualquer tipo de punição na esfera desportiva. Já basta a condenação pública e equivocada das redes sociais nas últimas horas.
 

Salmo Valentim
Presidente da ANAF".


 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!