Sportbuzz
Testeira
Futebol / FIM DA LINHA!

Arjen Robben anuncia aposentadoria oficialmente; "Uma escolha muito difícil"

Robben teve passagens por Real Madrid, Bayern de Munique, Chelsea e por outros clubes da Europa

Redação Publicado em 15/07/2021, às 09h33

Robben anuncia aposentadoria - Getty Images
Robben anuncia aposentadoria - Getty Images

Nesta quinta-feira, 15, Arjen Robben anunciou sua aposentadoria por meio de uma publicação em sua conta oficial no Twitter. Aos 37 anos, o jogador encerra sua passagem pelo futebol com uma carreira vitoriosa e com história em grandes clubes.

Mais conhecido pelas atuações pelo Bayern de Munique, o jogador canhoto ficou caracterizado pelo seu corte para esquerda seguido de uma finalização praticamente mortal. Pelo clube bávaro, foram 309 jogos, 144 gols e 101 assistências. Além disso, o jogador conquistou o Campeonato Alemão oito vezes, a Taça da Alemanha cinco vezes, a Supertaça da Alemanha quatro vezes e a Champions League uma vez, assim como o Mundial de Clubes.

 

O jogador também atuou pelo Real Madrid, onde fez 65 jogos, com 13 gols marcados e 15 assistências. Assim como reforçou o Chelsea em 106 jogos, marcando 19 gols e dando 22 assistências.

Em sua publicação, o jogador revelou a aposentadoria e agradeceu a todos os torcedores.

"Queridos amigos do futebol, decidi interromper minha carreira no futebol. Uma escolha muito difícil. Quero agradecer a todos por todo o apoio comovente! Atenciosamente, Arjen.", publicou.

O jogador holandês já havia anunciado a aposentadoria uma vez, mas voltou ao futebol para atuar pelo Groningen FC, da Holanda. Nesta volta, o jogador atuou em 59 jogos, fez 12 gols e deu sete assistências.

Confira a publicação completa.

"Queridos amigos do futebol, decidi interromper minha carreira no futebol. Há um ano, anunciei meu retorno como jogador do Groningen. Embarquei nessa aventura com muita energia e entusiasmo. Eu apenas tive que lidar com os contratempos físicos rapidamente, o que me impediu de jogar partidas por muito tempo. Depois de um longo caminho de tentativa e erro, finalmente consegui jogar os últimos jogos da temporada.

Olhando para a temporada passada, honestamente cheguei à conclusão de que o número de minutos de jogo foi decepcionante. Eu sabia de antemão que isso poderia acontecer, mas aceitei o desafio e dei tudo para que desse certo. E não apenas eu, todos no clube e ao meu redor me ajudaram e apoiaram em todos os momentos.

As calorosas reações e declarações de apoio de todos os fãs de futebol não me deixaram indiferente. Estou muito grato a todos por isso. Depois do último jogo, disse que reservaria um tempo para tomar uma decisão informada sobre o futuro. Logo após a última partida, voltei a treinar. Para mim, foi importante manter a forma física que adquiri nos meses anteriores e não voltar muito atrás.

Desta forma, pude experimentar simultaneamente se me sentia bem do ponto de vista físico e se era realista continuar por mais um ano. É por isso que decidi parar. Uma decisão muito difícil, porque a mente e a emoção disseram o contrário. O coração do futebol queria continuar, especialmente com o objetivo de uma temporada completa.

Antes de tudo, desfrutei do esporte e esperava retribuir aos fãs. Mas às vezes dizem: 'Tudo acaba.' Acho que a decisão de parar de se aposentar é justa e realista. É por isso que não sou mais um jogador hoje, mas um torcedor do nosso Groningen.

Gostaria de agradecer a todos os fãs e torcedores de futebol por todo o apoio caloroso e mensagens doces que recebi no ano passado. Foi maravilhoso e reconfortante. Desejo a todos um ótimo momento futebolístico em estádios lotados, mas acima de tudo boa saúde!"


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!