Sportbuzz
Testeira
Futebol / JUSTIFICANDO

Árbitro revela motivo da expulsão de Gabriel depois do jogo entre Corinthians e América-MG: "Me senti ofendido"

Árbitro relatou na súmula o que Gabriel teria falado para ele depois do apito final do empate entre Corinthians e América-MG

Redação Publicado em 20/09/2021, às 11h31

Gabriel e os jogadores de Corinthians e América-MG conversando com a arbitragem - GettyImages
Gabriel e os jogadores de Corinthians e América-MG conversando com a arbitragem - GettyImages

Depois do apito final da partida entre Corinthians e América-MG, neste domingo, 19, que terminou em 1 a 1, o árbitro Savio Pereira Sampaio expulsou o volante do Alvinegro, Gabriel. Na súmula, ele explicou a razão pela qual tomou aquela atitude.

 

Gabriel já havia recebido um cartão amarelo nos acréscimos "por golpear com o braço de forma temerária o seu adversário", segundo a súmula. Como já estava pendurado, o segundo amarelo deixa o jogador fora do próximo jogo do Corinthians, contra o Palmeiras no domingo, 26.

Totalmente indignado, o jogador Alvinegro foi reclamar com o árbitro depois do apito final da partida contra o América-MG, e acabou levando o vermelho. Isso fez com que ele seja desfalque também contra o Red Bull Bragantino, no dia 2 de outubro.

"Expulso com o cartão vermelho direto após o término da partida por proferir as seguintes palavras estando com o dedo em riste e em alto tom de voz em minha direção: Você me tirou da p... do próximo jogo, c...". Informo que me senti ofendido com tal atitude", escreveu o árbitro na súmula como justificativa.

O jogo

Neste domingo, 19, o Corinthians recebeu o América-MG e seguiu com seu terceiro empate seguido no Brasileirão. Com a estreia de Willian, o Timão saiu atrás, buscou o empate com Giuliano, criou oportunidades, porém acabou parando em grandes defesas de Cavichioli.

Desta forma, a partida teve o placar de 1 a 1 e a equipe se Sylvinho deixou de encostar no G-4 do Brasileirão. 

Primeiro tempo

O primeiro tempo entre Corinthians e América-MG foi de muita disputa e também algumas boas oportunidades de gol. O Timão, que teve a estreia de Willian, acabou sendo surpreendido com a postura do Coelho, que iniciou a partida pressionando a saída de bola rival e conseguiu abrir o placar. 

Aos seis minutos, Zárate enfiou uma linda bola e inverteu para Marllon. O lateral, que apareceu sozinho na área, bateu de primeira e não deu condições para Cássio. O goleiro do Corinthians tentou fazer a defesa, porém não deu para alcançar a bomba que o atleta do Coelho deu. 

O América ainda teve uma excelente oportunidade com Ribamar. O centroavante recebeu um ótimo passe e ficou de frente para Cássio. O goleiro do Corinthians saiu bem e o atacante do Coelho acabou perdendo uma grande chance. 

Na sequência, numa bel trama, Willian tabelou com Gabriel Pereira. O camisa 38 enfiou para o estreante da noite, que foi até a linha de fundo e encontrou Roger Guedes. O atacante bateu, o goleiro do América deu rebote, rolou para Giuliano e o meio-campista bateu com categoria para empatar. 1 a 1. 

Até o final do primeiro tempo, o Corinthians ainda conseguiu mais dois lances de perigo. O primeiro foi com Roger Guedes, que recebeu na esquerda, cortou para o meio e acertou uma bomba, mas Cavichiolli defendeu.

Mais tarde, Gabriel arriscou de fora da área e carimbou na trave para alívio do América Mineiro. 

Segundo tempo

Na segunda etapa, o Corinthians ofereceu a posse de bola para o América Mineiro e tentou explorar o contra-ataque. O Coelho realmente teve mais o controle da partida, mas foi o Timão quem ofereceu mais perigo com a pressão na saída rival. 

Um grande exemplo foi com Roger Guedes. O camisa 123 aproveitou o passe errado do zagueiro, conduziu a bola em direção da área e tocou para Giuliano. O meia invadiu a grande área e finalizou. O chute passou triscando a trave e saiu pela linha de fundo.

O camisa 11 seguiu tentando e quase conseguiu a virada para o Corinthians. Giuliano recebeu na intermediária, deixou um jogador do América-MG caído no chão e finalizou. No entanto, o jogador buscou um chute colocado e a bola não foi tão forte. 

O Corinthians ficou muito perto da virada. Primeiro, Renato Augusto bateu de fora da área e a bola bateu na trave e saiu pela linha de fundo. Na sequência, durante um escanteio, Jô desviou de cabeça, Giuliano entrou de peixinho e Cavichiolli operou um milagre na Neoquímica Arena.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!