Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / COPA DO BRASIL 2023

Após vitória, Filipe Luís admite problema no Flamengo: “Perdemos a...”

O Flamengo se classificou à final da Copa do Brasil na última quarta-feira, 16, mas Filipe Luís abriu o jogo sobre os conflitos de bastidores no Rubro-Negro

Filipe Luís, do Flamengo, na Copa do Brasil 2023 - Getty Images
Filipe Luís, do Flamengo, na Copa do Brasil 2023 - Getty Images

Filipe Luís, do Flamengo, foi sincero após a classificação do elenco à final da Copa do Brasil 2023. O Rubro-Negro Carioca levou a melhor sobre o Grêmio nas duas partidas da semi: Gabigol e cia fizeram 2 a 0 em Porto Alegre e 1 a 0 no Maracanã. Apesar dos triunfos, o lateral quebrou o silêncio sobre os problemas de bastidores no clube.

“Esse grupo tem uma força que já demonstrou em outras vezes. É um grupo muito forte, e nesse ano perdemos a força do grupo”, confessou. “Nós mesmos conversamos no vestiário que temos de voltar. A grande força desse time é o elenco que tem. Muitas vezes quem vai ganhar o jogo não são os 11 que vão começar, vão ser os caras que vão jogar cinco minutos no fim do jogo, vai ser o cara que entrar no último minuto para bater o pênalti”.

Além disso, Filipe Luís destacou que a retomada da união na equipe será necessária para o restante da temporada. “Temos que voltar a ter a força do grupo, essa união que o grupo precisa ter para conquistar. E aí sim vamos conquistar a torcida para o nosso lado. No momento, está tudo separado, mas nós vamos conseguir trazer a torcida pro nosso lado”, afirmou.

O veterano ainda valorizou o resultado no Maracanã: “Importantíssimo. É muito difícil jogar no Flamengo, quem vem para cá não sabe a dificuldade que é fazer história nesse clube. É muito difícil. Então cada vitória que se consegue tem de ser valorizada. Aqui é muito difícil se de ter estabilidade. A pressão é muito grande no externo, muitas coisas acontecem, e obviamente afeta lá dentro”.