Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Após vexame na Copa do Rei, Diego Simeone deixa futuro em aberto no Atlético de Madrid

Treinador se mostrou muito incomodado com eliminação de seu time para o Cornellá, da terceira divisão espanhola

Redação Publicado em 07/01/2021, às 10h01 - Atualizado às 10h52

Simeone em ação pelo Atlético de Madrid
Simeone em ação pelo Atlético de Madrid - GettyImages

Diego Simeone deixou o seu futuro em aberto no Atlético de Madrid, após sua equipe ser eliminada da Copa do Rei pelo Cornellá, da terceira divisão espanhola. O treinador também se mostrou muito incomodado com o rendimento de seu time na partida eliminatória. 

Com contrato até junho de 2022, o argentino possui grande prestígio com a diretoria do clube e também está fazendo ótima temporada. Apesar na eliminação na copa nacional, em La Liga seu time é líder e, na Champions League, está classificado para as oitavas de final da competição. 

Mesmo assim, em entrevista coletiva, na última quarta-feira, 6, o comandante do Atléti demonstrou grande insatisfação: "Essa Copa não nos dá nenhuma satisfação. há que buscar soluções se estivermos aqui no ano que vem. Sou feliz aqui, mas tenho a situação aberta ao que o clube decidir".

COMO FOI O JOGO? 

O Atlético de Madrid fez sua estreia na Copa do Rei e acabou se dando mal logo na segunda rodada da competição. Sem alguns titulares, mas com nomes importantes como João Félix, Renan Lodi e Felipe, os Colchoneros acabaram sendo eliminados da competição pelo Cornellá, da terceira divisão espanhola. 

Com um primeiro tempo pouco criativo do Atléti, os donos da casa foram quem mais levaram perigo contra a meta de Miguel San Roman. Atuando em um estádio com grama sintética, o Atlético de Madrid demorou para se encontrar no jogo e esbarrou em uma defesa bem posicionada. 

O gol da partida saiu logo aos sete minutos, com Jimenez. Após uma cobrança de falta de Angus Medina, o latreal se antecipou ao zagueiro Felipe e marcou um golaço. San Roman até tentou se esticar para fazer a defesa, porém não alcançou e viu a bola morrer nas redes de sua meta.

Depois de sair na frente do placar, o Cornellá voltou a se defender e ficar no campo de defesa. Mesmo assim, jogou de igual para igual contra o Atlético de Madrid e teve chances até para ampliar a diferença ao longo do primeiro tempo e também da segunda etapa. 

No momento final do confronto, Simeone liberou ainda mais seus jogadores e tentou apostar em jogadas com Renan Lodi pela esquerda. O brasileiro tentou chamar a responsabilidade, porém acabou parando no bom posicionamento defensivo dos rivais. 

Para piorar, ao 63 minutos, os Colchoneros acabaram ficando com um jogador a menos. Sanchez, que havia acabado de receber um cartão amarelo, cometeu outra falta forte e deixou o gramado devido a um cartão vermelho. 

Atuando com um jogador a mais, o Cornellá não deu chances para o Atlético de Madrid, que pouco ameaçou. As melhores chances criadas pelo líder do Campeonato Espanhol foram em jogadas pela esquerda ou em cruzamentos oriundos de bola parada. 

No último lance da partida, Correa arrancou pela direita e cruzou para a área. A bola não desviou e ninguém, mas foi em direção ao gol. O goleiro da equipe da casa deixou a finalização passar e viu ela triscar a trave e ir para fora. Alívio para o Cornellá. 

Com o resultado, o Cornellá avança para a próxima fase da Copa do Rei e o Atlético de Madrid se despede da competição de maneira precoce. Com a eliminação, os Colchoneros ficaram apenas com a disputa da Champions League e também da La Liga.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!