Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Após saída de Sampaoli do Atlético-MG, diretor do Corinthians alfineta treinador: "Só arranja confusão e não ganha nada"

Roberto de Andrade deu a declaração, após ser questionado sobre a possibilidade de trazer técnicos estrangeiros ao Timão

Redação Publicado em 25/02/2021, às 17h05 - Atualizado às 17h57

Jorge Sampaoli em ação
Jorge Sampaoli em ação - GettyImages

O Corinthiansé um dos poucos times do Brasil que não tem apostado em treinadores estrangeiros para comandar sua equipe. O Timão vem nadando contra a maré puxada por Internacional, Flamengo, Palmeiras e São Paulo e Roberto de Andrade falou sobre o tema. 

 

Em entrevista ao Globo Esporte, o diretor de futebol alvinegro comentou em relação a opção do clube em não apostar em técncios de fora do país. Utilizando Jorge Sampaoli e sua recente passagem pelo Atlético Mineiro como exemplo, Roberto de Andrade explicou o motivo pela escolha por treinadores brasileiros. 

"Não houve necessidade. A gente acha que o Mancini poderia ser de qualquer outra nacionalidade e não faria diferença. Acho que é o momento. Alguns treinadores não sei porque vieram. O que veio para o Vasco, o Sá Pinto, não sei para que veio. O senhor que veio para o Santos, Jesualdo, foi a mesma coisa. Não houve evolução", disse. 

Ele ainda seguiu falando sobre o tema: "Acho que o diferente é do Palmeiras, rapaz novo, com ascensão bem legal. Particularmente, não acho que Sampaoli seja tudo isso. Ele vem para o Brasil, faz barulho todo, só arranja confusão na beira do gramado e não ganha nada, não ganhou nada". 

Ainda em relação ao trabalho de Jorge Sampaoli no Atlético Mineiro, o dirigente alvinegro relatou que qualquer outro técnico poderia fazer o mesmo trabalho do argentino na atual temporada do Campeonato Brasileiro. 

"Não tem necessidade de ser estrangeiro. Qualquer outro treinador que estivesse à frente do Atlético-MG faria o mesmo trabalho. Não vejo qualidade estando na nacionalidade, a qualidade está na pessoa. Temos grandes nomes no Brasil, isso cansou de ser mostrado", explicou. 

Roberto de Andrade ainda concluiu dizendo que existem bons nomes fora do país e valorizou a chegada de novos treinadores ao Brasil: "Tem treinadores bons, médios e mais fracos, como são os atletas também. Agora ficou mais fácil, não sei se saiu um pouco do comodismo, mudar um pouco. Acho tudo bacana".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!