Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Após queda do São Paulo na Libertadores, Miranda desabafa e fala em decepção: "Falhamos na hora mais importante"

Miranda admitiu que o São Paulo teve uma atuação abaixo do esperado diante do Palmeiras na Libertadores

Redação Publicado em 18/08/2021, às 07h09

Miranda. jogador do São Paulo, durante entrevista depois da partida da Libertadores - transmissão FOX Sports
Miranda. jogador do São Paulo, durante entrevista depois da partida da Libertadores - transmissão FOX Sports

A noite desta terça-feira, 17, não foi nada fácil para os torcedores do São Paulo. A derrota por 3 a 0, e a eliminação da Libertadores para o Palmeiras pegou a torcida de jeito, e o zagueiro do time, Miranda, também. Em entrevista depois do jogo, era nítida a decepção do jogador.

 

Com o elenco do São Paulo apresentando uma atuação abaixo do esperado, Miranda destacou que o São Paulo tem elenco para brigar na Libertadores do ano que vem, mas que agora o foco será na Copa do Brasil e no Brasileirão.

"A decepção é grande, ainda mais pela maneira que foi. Sabíamos da força deles no contra-ataque. Falhamos na hora mais importante. Praticamente fomos nós que construímos o gol deles. O título mais importante não veio, mas vamos fortes para conquistar no ano que vem. Vamos forte na Copa do Brasil e no Brasileiro. Temos time para voltar para a Libertadores", contou.

"A gente ganha junto e perde junto. Nós jogadores estamos tristes, fizemos uma atuação bem abaixo do que podemos produzir", completou o jogador.

Falando de Copa do Brasil e Brasileirão, o São Paulo tem pela frente nas competições nacionais, o Fortaleza, pelas quartas de final, no dia 25, e no Campeonato Brasileiro volta a campo no próximo domingo, 22, às 20h30 (horário de Brasília), diante do Sport, fora de casa.

"Saímos da Libertadores tristes, saímos para o atual campeão. Infelizmente saímos por erro nosso. Nós jogadores, quando ganhamos, ganhamos juntos, agora que fomos eliminados, fomos juntos. Vamos levantar a cabeça, temos Brasileirão pela frente e a Copa do Brasil", acrescentou Miranda.

O jogo

Na noite desta terça-feira, 17, Palmeiras e São Paulo se enfrentaram na partida de volta das quartas de final da Libertadores. Após o empate em 1 a 1 no jogo de ida, as equipes lutavam pela vitória para garantir vaga na semifinal.

E quem levou a melhor foi o Verdão. Com as melhores chances criadas ao longo de todo o confronto, o Palmeiras fez valer o fator casa para atropelar o São Paulo pelo placar de 3 a 0 e garantir vaga na semifinal da Libertadores.

Primeiro tempo

No primeiro tempo, o Palmeiras logo imprimiu forte ritmo e criou boas oportunidades. Aos quatro minutos, Wesley finalizou e parou na defesa do goleiro. Aos oito, Rafael tentou, mas o chute saiu fraco e parou nas mãos de Tiago Volpi.

Após tanta insistência, os donos da casa abriram o placar. Aos dez minutos, Zé Rafael avançou em contra-ataque e passou no capricho para Raphael Veiga, que bateu firme e deixou o dele. 1 a 0. Com dificuldades, o São Paulo respondeu aos 13. Rodrigo Nestor tirou tinta do travessão.

Apesar das poucas chances claras de gol, o Palmeiras continuou melhor. Antes da reta final do primeiro tempo, Rony e Dudu tiveram boas oportunidades, mas pararam na marcação. Aos 38, Gabriel Sara chegou pelo Tricolor e levou perigo.

Já nos minutos finais, o Verdão voltou a imprimir forte ritmo contra o São Paulo. Aos 39 minutos, Rony aproveitou cruzamento da esquerda e viu Tiago Volpi fazer grande defesa. Aos 45, Raphael Veiga arriscou e tirou tinta da trave. Intervalo!

Segundo tempo

No segundo tempo, o São Paulo voltou mais ofensivo, já que precisava do empate para levar a decisão aos pênaltis. Antes do primeiro minuto, Rodrigo Nestor ficou com a sobra da defesa e levou perigo à meta rival.

Com a vantagem no placar, o Palmeiras buscou se defender para arrancar no contra-ataque. Porém, as chances eram escassas. Além disso, a pressão do rival aumentou. Aos 11, Pablo recebeu lindo passe de Rigoni e ficou na cara do gol para isolar a finalização. Que isso, meu filho?

Aos 15, Raphael Veiga deu a resposta em cobrança de falta. Em chute forte, o meia tirou tinta do travessão. Aos 19, o jogador teve mais uma boa chance, mas não encontrou ninguém para dar o passe dentro da área.

Depois de tanto tentar, o Palmeiras voltou a balançar as redes. Aos 21, Tiago Volpi fez grande defesa em chute de Wesley. No rebote, Dudu ficou com a sobra após tabela entre Rony e Danilo e deixou o dele contra o rival. 2 a 0.

Perdido no jogo, o São Paulo pouco criou chances para buscar o empate. Aos 27, Dudu teve mais uma oportunidade e parou na defesa de Tiago Volpi. No lance seguinte, Igor Gomes respondeu e levou perigo. Porém, a noite era dos donos da casa.

Aos 32, Patrick de Paula ficou com a sobra na entrada da área e mandou uma bomba para o fundo das redes. 3 a 0. Aos 35, Vitor Bueno tentou descontar, mas a finalização foi para fora. Aos 36, o camisa 12 deu dura entrada em Gustavo Gómez e foi expulso. 3 a 0. Fim de papo!


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!