Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Após polêmica com o VAR, presidente do Internacional dispara contra arbitragem: "Não sei se está sendo tendenciosa"

Alessandro Barcellos deixou clara sua preocupação para o jogo contra o Flamengo

Redação Publicado em 16/02/2021, às 16h05 - Atualizado às 16h57

Jogadores do Internacional em ação
Jogadores do Internacional em ação - Ricardo Duarte/Internacional/Fotos Públicas

Na última segunda-feira, 15, depois da polêmica vitória sobre o Vasco, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro, o presidente do Internacionalmostrou preocupação com a arbitragem. Focado nas próximas rodadas da competição, Alessandro Barcellos não quer que erros do VAR interfiram no resultado do Brasileirão

Durante sua coletiva, depois do jogo, ele manifestou toda a sua insatisfação com a penalidade marcada pelo árbitro de vídeo em German Cano. Na oportunidade, Cuesta acabou levando o terceiro cartão amarelo e ficou de fora da decisão contra o Flamengo, que ocorre neste domingo, 21, no estádio do Beira-Rio

"A gente tem o costume de deixar o protagonismo para os atletas, só que essa partida teve elementos extracampo. Quando se tem um pênalti que não existiu, todos viram, reviram, não acharam em nenhum momento, ele (Cano) chuta o chão. O Cuesta ganha o cartão, está fora do próximo jogo. Não sei se está sendo tendenciosa (a arbitragem)", disse

De acordo com Alessandro Barcellos, ele tem evitado ao máximo criticar os árbitros do campeonato: "A gente tem procurado falar menos, mas chega uma hora que é impossível. Estamos manifestando a nossa preocupação e inconformidade pelo pênalti marcado e o cartão ao Cuesta".

Ele também demonstrou toda sua irritação com o terceiro cartã amarelo levado por Patrick na partida contra o Sport, que o deixou de fora do jogo diante do Vasco. Segundo o presidente colorado, o Inter quer fazer o resultado em campo, mas não pode lutar contra "interferências".

"Quando a gente vê um cartão amarelo para o Patrick em uma pretensa simulação, hoje o Vasco em duas vezes simula e não ganha falta, nem cartão. Precisamos falar ao nosso público que não aceitamos esse tipo de arbitragem. É a hora da onça beber água, das duas últimas rodadas. O Inter quer fazer com que o resultado dentro de campo seja justo para quem quer que seja. Não vamos aceitar interferências externas", completou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!