Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » TRAGÉDIA

Após oito meses do incêndio no Ninho, mais uma família tenta acordo com o Flamengo

Avó de Vitor Isaias estaria em solos cariocas para acertar detalhes de questões judiciais

Pedro Ungheria Publicado em 08/10/2019, às 09h22

Vitor Isaias fazia parte da base do Flamengo desde agosto de 2018
Vitor Isaias fazia parte da base do Flamengo desde agosto de 2018 - Instagram

Há oito meses, um dos episódios mais tristes deste ano chocou a todos, não só no Brasil, mas em todo o mundo. Um incêndio no Ninho do Urubu, centro de treinamento das categorias de base do Flamengo, deixou dez vítimas, todos do cartel de jogadores que atuavam pelo time carioca.

O fato de o acontecido envolver diversas questões judiciais e burocráticas faz com que o processo de acordo e indenização com os familiares seja um processo lento . Nesta terça-feira, 8, Dona Josete, a avó de Vitor Isaias desembarcou no Rio de Janeiro para firmar um acordo com o rubro-negro.

Naturais de Florianópolis, os responsáveis pelo jovem camisa 9, que faleceu durante o incêndio, podem se tornar a quarta família a fechar os valores de indenização com a parte jurídica do Flamengo.

De acordo com o Portal Extra, o vice jurídico do clube, Rodrigo Dunshe, estreitou relação com o advogado da família, Thiago D'Ivanenko, nos últimos meses, na tentativa de um entendimento breve.

Natural de Florianópolis, Vitor Isaias atuava como atacante e iniciou sua trajetória no futebol vestindo a camisa do Figueirense. Na sequência, passou pelo Atlético Paranaense até ser contratado para reforçar as categorias de base do Flamengo em agosto de 2018.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!