Sportbuzz
Testeira
Futebol / AGORA SIM!

Após nova vitória, e título quase na mão, Cuca é exaltado pela torcida do Atlético-MG e admite: "Está encaminhado"

Depois de vencer o Corinthians por 3 a 0, em casa, o Atlético-MG segue ainda mais líder na classificação do Brasileirão, e Cuca está começando a reconhecer que o título se aproxima

Redação Publicado em 11/11/2021, às 07h15

Cuca, treinador do Atlético-MG sorrindo e indo cumprimentar Hulk - GettyImages
Cuca, treinador do Atlético-MG sorrindo e indo cumprimentar Hulk - GettyImages

A vitória por 3 a 0 sobre o Corinthians na noite desta quarta-feira, 10, deixou o torcedor do Atlético-MG ainda mais confiante pelo título do Brasileirão. Como a cada partida jogada, a vantagem do Galo sobre os demais clubes aumenta, desta vez até mesmo o técnico Cuca admitiu que o triunfo pelo campeonato nacional está por pouco de acontecer.

Inclusive, erguer essa taça vai ter um gostinho ainda mais especial para o Atlético-MG. Isso porque o clube vive um jejum de 50 anos sem vencer o Brasileirão, e desta vez, além de levar o troféu para casa, vai poder se gabar de ter feito uma campanha praticamente perfeita, e contando com um elenco de peso.

"Lógico que está encaminhado. A gente também é realista, está encaminhado, mas ainda não é. Então, como eu falei outro dia, esperou tanto tempo, vamos esperar mais um pouco. A gente grita na hora certa", disse Cuca na coletiva depois da partida, antes de completar.

"Não acabou. Pode ter certeza que, o dia que acontecer, eu falo que a gente é campeão. Falta um pouco. Eu não sei quanto se é sete, oito, nove pontos, mas faltam. A gente tem que buscar", destacou.

Neste momento, o Atlético-MG está somando 68 pontos. As probabilidades do campeonato colocam 76 como a pontuação de segurança para o título. No entanto, dependendo do rendimento de Palmeiras e Flamengo, principais concorrentes do Galo, as contas precisão ser refeitas para assim, o time mineiro ter mais confiança no título.

Inclusive, os rivais do Galo vão fazer no dia 27 de novembro a final da Libertadores, que certamente será priorizada por eles já que a data está se aproximando. Dessa forma, a tendência é que poupem jogadores no Brasileirão, e o Atlético-MG suba ainda mais.

"É uma final de Libertadores, quem me dera estar lá também. Eu ia arrumar meu time, como eu imagino que eles estão fazendo. (...) Eu sei que hoje, na cabeça do Abel, na cabeça do Renato, eles estão pensando nisso, o Brasileiro é importante, lógico, mas dia 27 é o mais importante de tudo", opinou Cuca.

Apesar de mais confiante do que nas últimas coletivas, Cuca ainda evita cravar a conquista do Brasileirão, e avalia que a torcida está seguindo o mesmo caminho. No momento, o canto que vem das arquibancadas é mais de incentivo e também de reconhecimento. Inclusive, o comandante deixou o gramado do Mineirão ovacionado pelos mais de 58 mil atleticanos.

"Ouvir assim a torcida cantar o nome da gente no final é indescritível. É tão gostoso porque eu sou eles ali na beira do campo. Eu também queria gritar o nome deles um por um, mas não consigo. Então tento fazer o time jogar e dar a resposta. Estou tão feliz igual eles", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!