Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Após invasão em casa de Marquinhos e Di María, PSG deve tomar medida importante para proteger elenco

Jogadores passaram por uma situação complicada no último final de semana

Redação Publicado em 15/03/2021, às 14h33 - Atualizado às 15h24

Marquinhos em ação pelo PSG
Marquinhos em ação pelo PSG - GettyImages

Após as invasões na casa de Marquinhos e Di María, o Paris Saint-Germain pretende tomar medidas importantes para proteger os seu elenco. De acordo com informações do jornal "L'Équipe", o PSG estuda contratar seguranças para ficarem 24h por dia vigiando os atletas. 

A ideia é fornecer toda a segurança para os jogadores e também para os familiares, que também têm sofrido com esses ataques dos bandidos. O clube francês, segundo a publicação, quer garantir o máximo de segurança para todos os profissionais que atuam pela equipe. 

ENTENDA O QUE ACONTECEU COM MARQUINHOS E DI MARÍA! 

No início da noite deste domingo, 14, PSG e Nantes entraram em campo para disputar a 29ª rodada da Ligue 1. De um lado, o time da casa queria encostar na liderança. Do outro, os visitantes sonhavam em escapar da zona do rebaixamento.

Dentro de campo, o PSG foi surpreendido pelo Nantes e levou a virada já no segundo tempo. Com a derrota, a equipe perdeu a chance de encostar na liderança do torneio. Já o rival permaneceu na zona do rebaixamento.

Enquanto a partida rolava, a casa dos pais do zagueiro brasileiro Marquinhos foi invadida e o casal foi feito refén pelos criminosos. Ele, no entanto, ficou sabendo do ocorrido apenas no final da partida.

A assessoria de imprensa do atleta confirmou a ação dos bandidos e que, no momento da invasão, familiares do brasileiro estavam na residência, mas nada sofreram e estão todos bem, se refazendo do susto. As autoridades francesas já estão cuidando do caso.

A residência de Di Maria também foi invadida durante o jogo e, por isso, o argentino foi retirado da partida diante do Nantes, aos 16 minutos do segundo tempo. Maurício Pochettino foi chamado pelo diretor Leonardo e logo retirou o argentino do jogo.

Segundo as informações do jornal "Marca", a esposa e os filhos de Di Maria haviam acabado de chegar no local e teriam sido feitos como reféns. Ainda segundo a publicação, a situação se acalmou pouco tempo depois.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!