Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Após expulsão polêmica de William Pottker, Presidente do Cruzeiro perde a paciência e detona arbitragem

Dirigente também criticou a CBF e os responsáveis pela arbitragem no Brasil

Redação Publicado em 10/11/2020, às 17h08 - Atualizado às 18h06

Sérgio Santos em ação pelo Cruzeiro
Sérgio Santos em ação pelo Cruzeiro - Bruno Haddad / Cruzeiro / Fotos Públicas

Na última segunda-feira, 9, o Cruzeiro enfrentou o Guarani e acabou empatando com a equipe do interior paulista pelo placar de 3 a 3. A equipe mineira, que vinha se recuperando na competição, com duas vitórias consecutivas, viu sua sequência positiva ser interrompida. 

A partida, que teve grandes emoções, também foi marcada por uma expulsão polêmica de William Pottker, aos 11 minutos do segundo tempo. Sendo assim, em entrevista para o veículo oficial da Raposa, Sérgio Santos Rodrigues detonou a arbitragem da partida. 

O presidente do Cruzeiro tentou se conter na declarações, porém não poupou nem a Confederação Brasileira de Futebol durante sua reclamação. Além disso, ele garantiu que a Raposa não vai entrar com um ofício, pois de nada vai valer. 

"A gente sempre reflete muito antes de falar sobre essas coisas, analisa o que a reportagem tem falado, o que a emissora que transmitiu o jogo, o que todo mundo manda para a gente e, revendo os lances, não pode acontecer o que aconteceu com o Cruzeiro no Mineirão. Eu sou advogado, fui membro do tribunal de justiça desportiva, portanto não vou entrar em mérito, porque eu sei que se falar demais, o tribunal me pune, então vou ficar calado. Agora, eu espero que a arbitragem que fez o que fez aqui, sofra uma punição pela CBF, porque a gente vê toda rodada, ainda mais aqui, que não tem VAR, mas até em jogos da Série A, com VAR, no outro dia o clube vai lá, reclama, mas nada muda", disse. 

Ele ainda continuou: "As reclamações acontecem, todo mundo mostra o que está acontecendo, o péssimo nível de arbitragem de uma forma geral, mas as mudanças não ocorrem. Nosso protesto é para isso". 

Sérgio Santos Rodrigues explicou o motivo de não fazer um ofício na CBF, de acordo com ele, os erros da arbitragem foram claros e deveriam estar sendo observados pelos responsáveis da arbitragem no Brasil. 

"Não adianta eu falar que vou pegar um avião, ir na CBF entregar ofício. Todo mundo da CBF viu o jogo. A detentora dos direitos de transmissão já falou de forma clara como que não poderia ter ocorrido a expulsão do nosso atacante, que já tinha feito um gol. No próprio intervalo, teve uma confusão por falta de domínio do que aconteceu. O Cacá foi praticamente agredido, e nada foi feito. O jogador saiu provocando os jogadores do Cruzeiro, mas nada foi feito. Depois, obviamente, o lance capital. Portanto, nosso protesto público", afirmou. 

Sérgio Santos Rodigues ainda completou: “Meu pedido é esse. Não vou falar demais, porque posso ser punido pelo STJD. Só espero que quem fez o que fez com o Cruzeiro aqui seja punido, e que nunca mais venham aqui para fazer esse tipo de coisa, igual foi feito hoje. Fica nosso protesto para que a Comissão de Arbitragem assista o que foi feito aqui hoje e que a punição devida também seja dada”.


5 itens que todo torcedor do Cruzeiro precisa ter

1- Almanaque do cruzeiro - https://amzn.to/2MZbr9J

2- Caneca Gel Cruzeiro Escudo - https://amzn.to/32FNYBe

3- Camisa Umbro Cruzeiro Oficial 1 2019 - https://amzn.to/2W7ZAKM

4- Conjunto 4 Copos Dose Olé - Cruzeiro Escudos - https://amzn.to/2W6hAFd

5- Boné Aba Reta Cruzeiro - https://amzn.to/33PPcK2

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!