Sportbuzz
Testeira
Futebol / BRASILEIRÃO!

Após empate com o Ceará, Renato Gaúcho avalia partida do Flamengo: "Fiquei feliz. Jogamos melhor"

Flamengo e Ceará ficaram empatados em 1 a 1 na partida do Brasileirão, e Renato Gaúcho gostou do que viu

Redação Publicado em 22/08/2021, às 19h31

Renato Gaúcho, treinador do Flamengo na coletiva após empate com o Ceará - Transmissão Onefootball
Renato Gaúcho, treinador do Flamengo na coletiva após empate com o Ceará - Transmissão Onefootball

Apesar do empate em 1 a 1 diante do Ceará neste domingo, 22, Renato Gaúcho ficou bastante satisfeito com a atuação do Flamengo. O técnico precisou fazer alterações no time titular, já que para essa partida teve nove desfalques na equipe. 

 

Segundo a avaliação do treinador, durante a entrevista coletiva depois da partida, quem entrou depois, como Michael e Vitinho, autor do gol do Flamengo, correspondeu ás expectativas para o confronto válido pelo Brasileirão.

"Gostei muito da equipe. Apesar dos desfalques. É uma coisa que eu não sinto porque tenho um grupo. Quem entrou esteve muito bem. É uma decisão a cada três dias. O grupo correspondeu muito bem. Na minha opinião, jogamos melhor que o Ceará. Criamos mais, poderíamos ter saído com a vitória. Sempre encontramos muitas dificuldades em jogar aqui, seja contra o Ceará, seja com o Fortaleza. A equipe se portou bem, só faltou o segundo gol para sair com os três pontos. Fiquei feliz porque competimos", disse o treinador.

Dos titulares, Renato Gaúcho não pôde contar com Isla, Willian Arão, Arrascaeta e Bruno Henrique, além de Rodrigo Caio, que já está afastado do time há um bom tempo. 

Mesmo tendo essas ausências importantes no setor ofensivo, Pedro só foi chamado pelo comandante aos 37 minutos do segundo tempo, entrando no lugar de Gabigol

Quando perguntado sobre o camisa 21, Renato Gaúcho explicou o motivo de não tê-lo colocado ao lado do atacante, garantindo que Pedro terá espaço com ele.

"Tenho conversado quase diariamente com o Pedro. Tive uma conversa muito boa com ele outro dia. Falei que é um jogador de muitas qualidades, novo, vai estar na Seleção no futuro, mas joga hoje em uma posição que tem o Gabigol. Sempre falo que é difícil escalar o Flamengo pela qualidade do elenco. Infelizmente só podem jogar 11. Ele joga na posição que tem o Gabriel. Comigo, ele (Pedro) jogou quase todos jogos, ou do início ou entrando. Tentei colocá-lo com o Gabriel em alguns jogos, mas há jogos e jogos. Depedendo do que precisamos, podem atuar juntos. Hoje era difícil, o Ceará nos atacou bastante. O Pedro tem o espaço dele. É uma dor de cabeça que gosto de ter. Vários jogadores de Seleção. Converso com ele, já dei vários conselhos. É um jogador que vai estar na Copa do Mundo (de 2026)", contou o treinador.

Agora, o Flamengo volta suas atenções para a Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, 25, em Porto Alegre, a equipe pega o Grêmio no jogo de ida das quartas de final.

Depois disso, ambos os times voltam a campo pelo Brasileirão no fim de semana, quando o Rubro-Negro visita o Santos, na Vila Belmiro, no sábado, 28, e o Ceará encara o América-MG, domingo, 29, no Independência.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!