Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Após empatar com o Bragantino, Renato Gaúcho lamenta desfalques do Flamengo, e critica CBF: "Brasileirão está bem bagunçadinho, né?"

Flamengo chegou diante do Bragantino com o elenco desfalcado por conta das seleções, e Renato Gaúcho não gostou nada de a CBF ter continuado o torneio

Redação Publicado em 07/10/2021, às 07h19

Renato Gaúcho reclamando da CBF após o empate entre Flamengo e Bragantino pelo Brasileirão - GettyImages
Renato Gaúcho reclamando da CBF após o empate entre Flamengo e Bragantino pelo Brasileirão - GettyImages

Criando poucas chances de gol, o Flamengo viu o Bragantino pressionando até arrancar o empate em 1 a 1 pelo Brasileirão. A equipe não estava completa, já que o time teve jogadores convocados para a seleção, e isso fez com que Renato Gaúcho criticasse as escolhas da CBF.

Acontece que o desempenho da equipe carioca na partida da noite desta quarta-feira, 6, no Nabi Abi Chedid, pela 24ª rodada do Brasileirão, deixou ainda mais claro como as ausências dos convocados para as suas respectivas seleções afetam todo o plano do treinador.

Em entrevista coletiva depois da partida, Renato Gaúcho não poupou críticas aos jogos que acontecem durante a Data Fifa, questionou a CBF, e ainda deu sua opinião sincera sobre a forma como o Brasileirão 2021 está sendo conduzido.

"Não temos tempo nem para descansar, nem para dormir direto. Vivemos dentro de hotel e avião. Agora seria o prazo, com os jogos da seleção, teríamos tempo, mas o campeonato não parou. Tem equipes que jogam duas vezes por semana, uma vez por semana, o Flamengo joga três. Isso é Brasil. Depois temos que ver as pessoas falando que o Flamengo não se interessa pelo Brasileiro", disse o treinador antes de completar.

"Cá para nós, o Brasileiro está bem bagunçadinho, né?!", apontou Renato Gaúcho.

Na partida da última noite, Vitinho foi o único atleta de criação que conseguiu atuar bem nas ações ofensivas do Flamengo. Sem contar com Everton Ribeiro e Arrascaeta, Andreas Pereira não foi tão bem como meia do que como é sendo segundo volante.

Apesar de não querer ter que lidar com isso o tempo todo, o treinador disse que essa é uma realidade que o Flamengo vai ter que encarar.

"É um problema que vamos ter. Temos jogadores convocados, outros no departamento médico, e muitas vezes precisamos improvisar, coisa que eu não gosto. Claro que esse jogador não vai render o mesmo que na posição dele", apontou antes de completar.

"Enfrentamos uma grande equipe. É difícil jogar contra o Bragantino. É um adversário difícil de ser batido. A equipe lutou, brigou, até que, infelizmente, o Artur acertou aquele chute indefensável de fora da área. Até ali, a equipe estava bem", finalizou Renato Gaúcho.

Somando 39 pontos em 21 jogos, o Flamengo está a 11 do Atlético-MG, que tem 50 em 23 partidas. Neste sábado, 9, às 19h (horário de Brasília), a equipe de Renato Gaúcho pega o Fortaleza, no Castelão, pela 25ª rodada do Brasileirão.


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!