Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Após eliminação na Copa do Brasil, torcida do Santos faz protesto e avisa: "Joga por amor ou por terror"

Santos não resistiu ao Athletico-PR e perdeu o jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, dentro de casa

Redação Publicado em 15/09/2021, às 07h03

Marinho, jogador do Santos após a queda da equipe para o Athletico-PR na Copa do Brasil - GettyImages
Marinho, jogador do Santos após a queda da equipe para o Athletico-PR na Copa do Brasil - GettyImages

Nesta terça-feira, 14, o Santos foi eliminado pelo Athletico-PR no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. A queda na competição foi a gota d'água para a torcida, que já vinha lidando com resultados medianos no Brasileirão, e foi protestar.

Depois da partida, um grupo de torcedores foi até o portão da Vila Belmiro se manifestar contra os resultados ruins da equipe na temporada. Gritando palavras de ordem, o grupo pedia mais raça do elenco, e chegou a citar o nome de Pará na cobrança.

"Joga por amor ou por terror" e "time sem vergonha" foram algumas das frases ditas pelos torcedores presente na porta do estádio.

Inclusive, horas depois do jogo, o atacante Diego Tardelli disse nas redes sociais ter sido perseguido por cerca de 10 torcedores enquanto voltava para o hotel onde está hospedado em Santos.

Esse clima foi totalmente oposto ao feito pela torcida na chegada do time na Vila Belmiro, antes do apito inicial. Levando bandeirões e acendendo sinalizadores, os torcedores cercaram o ônibus santista fazendo muita festa, empurrando o time antes da decisão, e dizendo que era o time da virada.

Para se ter uma ideia da situação do Santos, e o motivo da insatisfação da torcida, a última vitória da equipe na temporada foi no dia 18 de agosto, quando venceu o Libertad-PAR, na partida de ida das quartas de final da Sul-Americana.

Desde esse dia, são oito partidas disputadas, com cinco derrotas e três empates. Tentando se redimir, o time da baixada volta em campo pelo Brasileirão, onde encara seis jogos sem vencer. O compromisso será contra o Ceará, neste sábado, 18, às 21h (horário de Brasília), na Arena Castelão.

O jogo

O Athletico-PR tinha a vantagem do empate, mas repetiu a vitória por 1 a 0 sobre o Santos nesta terça-feira, 14, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil, e se classificou para a semifinal da competição nacional. 

O zagueiro Ivaldo marcou um golaço no segundo tempo e confirmou a vitória do Furacão na Vila Belmiro. No agregado, o Athletico venceu o Peixe por 2 a 0. 

Com o resultado, o time paranaense é o primeiro semifinalista da edição de 2021 e agora aguarda o vencedor do confronto entre Flamengo e Grêmio, nesta quarta-feira. Na ida, na Arena do tricolor, o rubro-negro goleou por 4 a 0.

O Athletico já havia vencido o Santos por 1 a 0 no jogo de ida, na Arena da Baixada, e venceu mais uma para confirmar a classificação. Sob o comando do técnico Paulo Autuori, o Furacão soube segurar o rival, desfalcado e apenas na segunda partida com Fábio Carille.

Primeiro tempo

Precisando buscar o resultado, o Santos contou com a volta de Marinho como titular e começou a partida com mais investidas no ataque, mas a primeira boa chance foi do Athletico.

Aos 17 minutos, Richard ficou com a sobra do cruzamento de Terans e chutou de primeira para a grande defesa de João Paulo, que espalmou. Aos 19, Terans recebeu o passe na intermediária, bateu firme e mandou com perigos pela linha de fundo.

O Peixe assustou aos 24 minutos, em finalização de Marinho. Felipe Jonatan cruzou na área e o atacante ficou com a sobra. O camisa 11 limpou a marcação, puxou para o meio e finalizou, mas viu o goleiro Santos espalmar. Aos 27, Raniel recebeu o cruzamento de Sanchez e cabeceou para fora.

O Athletico teve a melhor oportunidade de abrir o placar aos 39 minutos do primeiro tempo. Após jogada com Terans, Abner tocou para Erick no meio da área, e o volante do Furacão betu por cima do gol. 

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o Santos teve duas boas chegadas com Raniel, que teve o passe para Lucas Braga travado por Richard, e com Pirani, que chutou de chapa, mas a zaga do Furacão afastou o perigo.

Principal jogador do Santos na partida, o goleiro João Paulo fez uma defesaça aos 32 minutos, em finalização de Abner Vinicius. Terans recebeu na direita, avançou na intermediária e cruzou para o lateral chegar. Abner dominou e bateu firme, mas João Paulo salvou o Peixe.

O Athletico abriu o placar (e ampliou a vantagem no confronto) na sequência, com golaço de Zé Ivaldo. Após a sobra do escanteio batido pelo Furacão, o zagueiro ficou com a bola na beirada da área e mandou na gaveta: 1 a 0.

O Santos chegou a balançar as redes aos 35 minutos, com Marcos Leonardo, mas o gol foi bem anulado por impedimento do atacante.

O Athletico teve o volante Christian expulso aos 37 minutos, depois de receber o segundo cartão amarelo da partida.

Aos 41 minutos, Felipe Jonatan recebeu o passe de Ângelo na entrada da área, e chutou bem, mas Santos fez a boa defesa.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!