Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Após eliminação na Champions League, técnico da Juventus comenta fraca atuação de Cristiano Ronaldo

De acordo com Andrea Pirlo, o português não conseguiu achar uma maneira de ajudar a Vecchia Signora

Redação Publicado em 10/03/2021, às 13h16 - Atualizado às 14h10

Cristiano Ronaldo em ação
Cristiano Ronaldo em ação - GettyImages

Pelo segundo ano consecutivo e com Cristiano Ronaldo em seu time, a Juventus acabou sendo eliminada da Champions League ainda na fase de oitavas de final. Na temporada passada, os italianos caíram para o Lyon, da França e, neste ano, foram vítimas do Porto, de Portugal. 

 

Um dos principais temas de discussão da eliminação da Juve na Liga dos Campeões foi a atuação de Cristiano Ronaldo na última terça-feira, 9. O craque português não conseguiu marcar gols e ser decisivo para eliminar o Porto e, dessa forma, o atacante virou alvo de muitas críticas. 

Quem comentou sobre a atuação apagada no jogo de volta das oitavas de final foi Andrea Pirlo, que concedeu uma entrevista coletiva depois da eliminação na Champions League. O treinador elogiou Chiesa e amenizou as fortes declarações da imprensa em cima do futebol praticado por Cristiano Ronaldo. 

"Geralmente quando joga Cristiano Ronaldo, já começa 1 a 0. Mas até mesmo um jogador incrível como ele, às vezes não consegue achar um modo de marcar. Então foi Chiesa que jogou muito bem e fez dois gols. Até os campeões algumas vezes não conseguem achar um jeito de fechar a partida, mas ele continuou dando sua contribuição no jogo, ele tentou jogar da maneira que queria. Infelizmente ele não pôde nos dar a classificação", disse. 

AS CRÍTICAS PARA CR7! 

Sempre afiado, Fabio Capello disparou contra os erros da Velha Senhora nos jogos contra o Porto, que acabou eliminando o gigante italiano após vencer em Portugal e conseguir marcar duas vezes fora de casa, avançando assim, de fase pelos gols em Turim.

"O primeiro gol no jogo de ida foi um presente. Houve grande descuido no segundo. Certos gols não podem ser sofridos. O pênalti do segundo jogo foi outro presente. Demiral é muito ingênuo, um erro gravíssimo", disse Capello, que disparou também contra o craque português.

"Há outro erro grave: Ronaldo pulando e girando na barreira. Quem está na barreira não pode ter medo de ser atingido. É um erro imperdoável que não tem desculpas", apontou.

Além dele, quem também não escapou das alfinetadas do treinador italiano, que comandou a Juventus entre 2004 e 2006, foi o treinador Andrea Pirlo.

Para Capello, o trabalho do novo técnico do time de Turim está aquém daquele apresentado por seu antecessor, Massimiliano Allegri, que deixou o clube em nome de "Novas ideias" no futebol.

"O tão criticado Allegri chegou a duas finais de Champions, conquistou campeonatos. O que ele fez nunca se destacou, e diziam que a Juventus precisava de um futebol diferente. Essas coisas devem ser ditas. Quando você tenta fazer algo diferente, você enfrenta em coisas que nem sempre são agradáveis", finalizou.

O caso fica ainda pior porque essa é a segunda vez seguida que a Juventus cai nas oitavas de final da Champions, após ser eliminada na edição anterior para o Lyon.

A última vez que a Velha Senhora passou da primeira fase mata-mata foi em 2018, quando acabou superada pelo Ajax, nas quartas de final.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!