Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » CHAMPIONS LEAGUE

Após derrota, Zidane critica atuação do Real Madrid contra o Manchester City: "Faltou concentração"

Clube comandado pelo técnico perdeu nesta quarta-feira, 26, de por 2 a 1, na Champions League

Mariana Millan Publicado em 27/02/2020, às 10h52

Zidane
Zidane - Getty Images

A primeira partida das oitavas de final entre Real Madrid e Manchester City aconteceu nesta quarta-feira, 26, no Estádio Santiago Bernabéu.

Esta foi a quinta partida entre os dois clubes, e a primeira vitória do clube inglês sobre a equipe merengue. O Manchester venceu por 2 a 1. 

Após o confronto, em entrevista coletiva, o técnico Zidane colocou a culpa da derrota na falta de concentração dos jogadores. 

"Ficou uma impressão ruim, depois da boa partida que fizemos. Havia duas boas equipes em campo, e foi uma boa partida. Nós tivemos nossa oportunidade e aproveitamos, e logo eles tiveram a deles por culpa nossa. Nossos últimos 10, 15 minutos foram ruins, e, de fato, eles poderiam até ter feito o 3º gol. Agora, se quisermos avançar, temos que ganhar. E o Real Madrid é capaz de fazer isso. Mas a verdade é que, hoje, em 10 minutos complicados a partida, porque antes fizemos tudo certo para ganhar”, afirmou ele.
 
"Fizemos nosso gol em nosso pior momento, porque eles começaram bem o 2º tempo. E, depois do gol, estivemos muito melhores. Mas nos faltou concentração. Não foi cansaço, mas sim falta de concentração. Erramos, e erros fazem parte do futebol. Tenho que olhar e analisar bem. Mas os 10 minutos finais foram muito complicados para nós", concluiu.
 
O jogo de volta será no Estádio Etihad, no dia 17 de março
 
SOBRE O JOGO

O Real Madrid entrou em campo com Thibaut Courtois no gol, Carvajal, Rafael Varane, Sergio Ramos e Ferland Mendy auxiliando na defesa, Luka Modric, Casemiro e Fede Valverde no meio campo e Isco, Karim Benzema e Vinícius Júnior no ataque.

Já o Manchester City utilizou a técnica 4-4-1-1 com Benjamin Mendy, Aymeric Laporte, Nicola Otamendi e Kyle Walker na zaga, Gabriel Jesus, Rodri Hernández, Ilkay Gundogan e Riyad Mahrez no meio de campo, Kevin De Bruyne no ataque e Bernardo Silva na ponta, além do brasileiro Ederson no gol.

O Manchester City busca o seu primeiro título da Champions League, e o terceiro de Pep Guardiola como treinador. O clube recentemente recebeu uma punição de dois anos da UEFA por fraude no Fair Play Financeiro, o que impedirá a equipe inglesa de participar de qualquer competição europeia pelos próximos dois anos.

Por isso, os Citizens já começaram o jogo em busca do primeiro gol, com De Bruyne chutando a bola como uma bomba, mas Courtois defendeu, para o alívio dos torcedores madridistas. 

O polêmico Benjamin Mendy recebeu o primeiro cartão amarelo da partida por entrada forte em Modric. Minutos depois, Laporte, que se recuperou de lesão recentemente, sentiu dores e pediu para sair, e quem entrou em seu lugar foi o brasileiro Fernandinho. Na temporada atual, o francês entrou em campo em apenas oito jogos. 

Por muito pouco, o Real Madrid não abriu o placar em casa. Benzema deu uma pancada na bola e, após grande defesa de Ederson, Vinicius Jr errou ao chutar a bola na pequena área. 

O primeiro tempo acabou sem gols, mesmo com as duas equipes tendo grandes chances. Entretanto, quem mais teve oportunidade de abrir o placar foi o Manchester City, com três chutes a gol.

Em poucos minutos após o início do segundo tempo, dois jogadores do Real Madrid foram punidos com cartão amarelo. Valverde puxou e derrubou Gundogan e Modric dá um carrinho e acerta Mahrez. Mesmo assim, nenhum dos dois ficam pendurados para a próxima partida. 

A agonia dos madridistas não durou por muito tempo, pois após grande jogada de Vinícius Jr, Isco abriu o placar para os donos da casa. Modric lançou a bola certeira para o brasileiro, que conseguiu escapar da zaga do Manchester City e tocou para o espanhol, que marcou o primeiro gol da partida. 

Guardiola fez sua segunda alteração na partida ao tirar Bernardo Silva e colocar o artilheiro Raheem Sterling. Zidane também aproveitou para substituir Vini Jr por Gareth Bale.

O líder de assistências da Premier League, De Bruyne, também deixou a sua marca na Champions League. Com linda jogada, o belga jogou a bola para Gabriel jesus, que de cabeça colocou a bola dentro do gol, empatando o jogo.

Pouco tempo depois, Sterling invadiu a área do Real Madrid e foi derrubado por Carvajal. Com isso, o árbitro marcou o pênalti, e quem bateu foi ninguém menos que De Bruyne, que marcou o segundo do Manchester City.

Depois da virada, Zidane fez suas duas últimas alterações, tirando Modric e Isco para colocar Lucas Vázquez e Luka Jovic, respectivamente. Após disputa de bola com Gabriel Jesus, Sergio Ramos derruba o brasileiro no limite da grande área e recebeu cartão vermelho direto, sendo expulso da partida.

Sterling quase marcou o terceiro gol dos Citizens, mas Courtois defendeu. A partida terminou em 2 a 1 para a equipe visitante. 


5 itens essenciais para os torcedores do Manchester City

1- Camisa Puma Manchester City Home 2020 - https://amzn.to/2JdcNwx

2- Mochila G Sport - https://amzn.to/32Fry2K

3- Bola De Futebol Número 5 - https://amzn.to/2o8jIQd

4- Moletom Puma Manchester City Hoodie - https://amzn.to/2qzDYep

5- Porta Tênis com duas divisões - https://amzn.to/2pGSVeo

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!