Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » COLETIVA!

Após derrota do Cruzeiro, Felipe Conceição detona arbitragem: "Fomos roubados"

Felipe Conceição não gostou nada da atuação do juiz durante a partida do Cruzeiro

Redação Publicado em 07/06/2021, às 13h23

Técnico do Cruzeiro, Felipe Conceição detonou a arbitragem
Técnico do Cruzeiro, Felipe Conceição detonou a arbitragem - Bruno Haddad / Cruzeiro / Flickr

No último domingo, 06, o Cruzeiro entrou em campo para enfrentar o CRB e acabou sendo derrotado pelo placar de 4 a 3. Com o revés, a equipe de Felipe Conceição assumiu a lanterna da Série B ao conhecer o segundo resultado negativo no torneio.

Logo após o jogo, Felipe Conceição concedeu entrevista coletiva e avaliou o desempenho da Raposa. No entanto, o tema principal da conversa foi a atuação da arbitragem, que foi bastante criticada pelo treinador do clube mineiro.

 

Primeiro a questão da arbitragem, é o segundo jogo consecutivo na Série B que a gente é prejudicado e de maneira fatal do jogo. No último gol, não foi falta do Rômulo, me disseram que teve uma falta no Cáceres antes de ter a finalização. A bola entrou no nosso gol, então era um gol importante”, iniciou Felipe Conceição.

O outro era um contra-ataque importante, não teria o quarto gol do adversário. Contra o Confiança é um pênalti. Então a gente tem que esperar algum movimento da CBF, alguma coisa para melhorar isso, porque não é possível. Até quando a gente vai trabalhar, trabalhar e ser prejudicado de maneira tão grotesca nos jogos de futebol?”, completou.

Os dois lances citados por Felipe Conceição aconteceram na etapa final do duelo. Bastante irritado, o treinador do Cruzeiro seguiu disparando críticas à atuação da arbitragem, que teria interferido no resultado final da partida em sua visão.

Aqui a gente trabalha todo dia de maneira honesta e tem um trio de arbitragem que vem e rouba a gente. Até quando a gente vai aguentar isso no futebol brasileiro? Que política é essa que a gente tem dentro do futebol que faz com que ajudem uns clubes e outros não. Eu só quero imparcialidade, não quero ajuda no Cruzeiro. Hoje se a gente não tivesse a interferência da arbitragem a gente tinha virado a partida”, avaliou.

A pergunta eu volto para a CBF: qual o peso de duas derrotas para o Cruzeiro no início de competição tão importante? Quem que vai pagar essa conta? É o peso, é o peso da CBF, porque nós fomos roubados nos dois jogos”, concluiu.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!