Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » CASO RONALDINHO

Antes de prestar depoimento no Paraguai, Ronaldinho Gaúcho posa para foto com policial

Ex-jogador e seu irmão, Assis, estão sendo investigados por uso de documento falso no Paraguai

Gabriela Santos Publicado em 05/03/2020, às 15h15

Antes de prestar depoimento no Paraguai, Ronaldinho Gaúcho posa para foto com policial
Antes de prestar depoimento no Paraguai, Ronaldinho Gaúcho posa para foto com policial - Públicas/ Fiscália Paraguay

Suspeitos de usar documentação falsa, Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Assis, estão sendo investigados no Paraguai. Antes de prestar depoimento na sede da Promotoria contra o Crime Organizado, o ex-jogador posou para fotos com os fãs. Entre os admiradores, estava o oficial Miguel López Russo, chefe da 3ª Comissária Metropolitana de Assunção.

Ronaldinho Gaúcho tira foto com oficial da polícia do Paraguai (Crédito: Twitter)

 

“É um ídolo mundial, para mim é o melhor jogador do mundo e ninguém vai tirar isso dele. Eu estive ali, não tenho porque negar nem dar muitas explicações. Ele entrou para fazer o depoimento em uma sala e ali tivemos uma conversa. Como ele é um ídolo mundial e sou um fanático por futebol, surgiram algumas brincadeiras e eu pedi uma foto. Foi uma simples foto”, afirmou Diário Digital Ñandutí.

R10 e Assis prestaram depoimento na sede da Promotoria na manhã desta quinta-feira, em Assunção, capital do Paraguai. Segundo o promotor paraguaio Federico Delfino, os irmãos usaram passaportes autênticos, mas com conteúdo falso. Os números dos documentos pertencem a María Isabel Gayoso e Esperanza Apolonia Caballeri, moradoras de Assunção. As duas senhoras foram detidas para esclarecer se há envolvimento na fraude do passaporte, segundo o Diário Digital Ñandutí.

Promotor dos irmãos no caso da apreensão, Delfino concedeu entrevista coletiva na manhã desta quinta para dar novas informações, indicando que os números dos passaportes usados pertencem a outras pessoas.

Segundo Delfino, os documentos foram retirados no mês de janeiro e entregues a Ronaldinho e Assis assim que os irmãos chegaram ao Paraguai. A declaração estaria em contradição com a primeira versão dada por Gaúcho, que, de acordo com o ABC Color, disse à polícia que recebeu os passaportes ainda no Brasil.

Na quarta-feira, durante as buscas realizadas na suíte presidencial do Resort Yacht e Golf Club, na cidade de Lambaré, próximo à capital Assunção, as autoridades do Ministério do Interior e do Ministério Público do Paraguai encontraram diversos documentos adulterados, como cédulas de identidade. O brasileiro identificado como Wilmondes Sousa Lira foi preso, suspeito de fornecer os documentos aos irmãos.

Para obter a nacionalidade paraguaia, uma pessoa precisa viver um determinado tempo no país, entre outros requisitos, segundo os agentes fiscais. A Polícia Nacional do Paraguai está em contato com as autoridades brasileiras e já trocaram informações.


5 eletrônicos para esportes que prometem facilitar a sua vida

1- Relógio Inteligente Mi Band 4 Xiaomi - https://amzn.to/326G0jZ

2- Câmera Hero 7 Black à Prova D’água 12MP 4K Wifi, GoPro - https://amzn.to/2VwxKY5

3- Fone de Ouvido Xiaomi Redmi Air Dots Com Bluetooth - https://amzn.to/325xcLo

4- Aparelho Abdominal Eletrico Músculo 6 Pack Ems Estimulador - https://amzn.to/2B2Vhq8

5- Cronômetro Digital Incoterm - https://amzn.to/2nyvmUc

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!