Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » MELHOR DO MUNDO

Alisson Becker fala sobre jogo decisivo entre Grêmio e Flamengo e diz: "Com certeza será muito divertido jogar contra Filipe Luís"

O goleiro também comparou Tite e Klopp e falou sobre ter sido eleito o melhor goleiro do mundo

Isabelly Cristaldo Publicado em 18/10/2019, às 11h35

Alisson Beck fala sobre carreira em entrevista
Alisson Beck fala sobre carreira em entrevista - GettyImages

Alisson Becker, o eleito o melhor goleiro do mundo pela Fifa chegou ao auge de sua carreira aos 27 anos!

Recuperado de uma lesão na panturrilha, ele pode ser titular pelo Liverpool no clássico contra o Manchester United neste domingo, fora de casa, pela Premier League.

Em entrevista ao Globo Esporte o goleiro contou como se sente em ter ganho um prêmio tão importante:

“Quando alguém me pergunta defino como uma honra, ser o melhor do mundo. Me senti muito honrado e abençoado por ter conquistado esse prêmio individual, mas isso vem depois do coletivo. Foi um ano muito vitorioso, títulos pelo clube e pela Seleção. Então coroar a temporada com esse prêmio realmente foi uma honra”, disse Alisson, que só disputou dois jogos nesta temporada.

Alisson também falou com humildade sobre os outros jogadores e sobre os prêmios individuais.

“Acredito que a escola de goleiros da seleção brasileira é muito grande. Agora, falar que ultrapassamos outros jogadores, não. Cada um tem sua importância, mas fica mais importante com as premiações. Outros jogadores têm oportunidades de serem escolhidos, mas temos prêmios individuais. É uma coisa justa, estamos muito bem na Europa, exemplo disso é que fui eleito, o melhor do mundo, e o Ederson estava comigo na disputa. Estamos deixando nosso legado na Europa como Dida e Julio Cesar, espero que as novas gerações possam seguir esse caminho”.

Na entrevista Alisson não se importou em comparar os técnicos, Tite e Klopp e afirmou que ambos são muito diferentes mas muito inteligentes

“Ambos os técnicos, além de capacidade, inteligência e entendimento de futebol, têm a gestão de vestiário acima do normal. Por isso são diferentes. Tite é mais ponderado, usa melhor as palavras. Klopp é mais apaixonado, mais explosivo no sentido de expressões corporais durante o jogo. Dá soco no ar, comemora (risos). É um cara muito inteligente em suas declarações. Ambos têm muito carisma, dois técnicos de alto nível. Klopp merecidamente foi nomeado o melhor do mundo. Nunca uma equipe chegou na segunda colocação da Premier League com tantos pontos e ainda levamos a Liga dos Campeões. Nosso maior desafio esse ano é manter esse nível e conquistar o Campeonato Inglês”.

No final do bate-papo o goleiro comentou sobre o jogo de decisão para vaga na Libertadores, entre Flamengo e Grêmio e disse que tem amigos nos dois clubes.

“O Flamengo é uma grande equipe, assim como o Grêmio. São os melhores do Brasil. Lógico que fico na torcida para enfrentar um brasileiro no Mundial, se o Liverpool passar (para a decisão). Tenho um grande amigo que é o Filipe Luís, com certeza será muito divertido jogar contra ele. É um cara que admiro muito, assim como outros do Grêmio. Como o Everton Cebolinha, um grande talento”.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!