Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » Recomeço

Alex Muralha abre o jogo e fala sobre o momento conturbado da carreira

Em entrevista ao Globo Esporte, ex-goleiro do Flamengo revelou o que sentiu depois de duras críticas

SportBuzz DIGITAL Publicado em 06/09/2019, às 14h30

Alex Muralha
Alex Muralha - Getty Images

Alex Muralha está esperançoso para sua retomada. Novo goleiro do Coritiba, ele concedeu uma entrevista ao Globo Esporte, que foi veiculada nesta sexta-feira, 6, e relembrou as dificuldades que passou no Flamengo. “É claro que eu não queria que terminasse daquele jeito”, confessou.

Muralha teve o auge de sua carreira no clube carioca. Foi apelidado assim durante a boa fase que passou pelo rubro-negro e pelas defesas espetaculares, inclusive entrando na lista de convocados da Seleção Brasileira do técnico Tite. Porém, sua carreira deu uma reviravolta.

Quando as falhas vieram, a torcida não perdoou. O goleiro foi alvo de duras críticas de torcedores e jornalistas e também virou motivo de piada. Sobre o final de sua passagem pelo Flamengo, ele diz que foi difícil, mas que aprendeu a lidar com a situação.

“Acho que era questão de tempo. Passei um momento um pouco turbulento no Rio, mas tudo tem altos e baixos. Depende de como a gente lida com isso. Eu soube lidar e hoje sou uma pessoa melhor. Fiquei uma pessoa muito mais forte, muito mais centrada”, alegou. As pessoas têm o costume de olhar apenas coisas ruins, mas em qualquer time que passei, eu sempre fui regular no que fazia. Sempre fiz bons jogos”, continuou o goleiro.

Ele sofreu muita pressão por meio das redes sociais. Sua esposa até precisou cancelar a sua conta.

"Já passei por tantas tempestades, que não tenho mais medo da chuva. São pessoas covardes. Às vezes, pessoas que nem colocam o rosto, não colocam nada, e entram com críticas. Mas não sou muito ligado em internet. Já não gostava antes. E justamente por isso, e não só comigo, as pessoas acham que têm o direito de te agredir de alguma forma. Acaba afetando a família, que não tem a mesma estrutura que a gente, porque a gente está acostumado a lidar com pressão, com cobrança", completou. 

Na entrevista, ele ainda definiu a partida entre Flamengo e Palmeiras como o melhor jogo da carreira, no empate de 1 a 1, em São Paulo, no Brasileirão de 2016. Ele acredita que sua atuação no jogo o fez ser convocado pelo técnico Tite.

"Quando estamos em um momento bom, qualquer coisa que a gente faça acaba dando certo. Quando estamos sobrecarregados, acabamos fazendo coisas que não dão certo", se explicou.

Quando se trata do pior jogo, ele relembra da derrota para o Santos, em casa, por 2 a 1, em 2017. Na partida, Muralha vacilou na saída de bola, com os pés dentro da grande área, e Ricardo Oliveira aproveitou a falha e cruzou para Bruno Henrique fazer o gol. 

"Poderia ter jogado a bola para escanteio que ninguém ia lembrar. Estamos em uma área de risco em que tem que ser perfeito os 90 minutos e não pode errar. Foi um jogo muito ruim para mim, particularmente"

Alex Santana foi contratado pelo clube paranaense em março deste ano, vindo da segunda divisão do futebol japonês. O Coritiba é o vice-líder da Série B. Ele foi transferido por um empréstimo do Flamengo. Ele diz estar feliz e que é uma chance de sua retomada no bom futebol.

“O Coritiba está sendo uma parte especial da minha carreira”, disse sobre um dos poucos clubes que o fizeram uma proposta na sua volta ao futebol brasileiro.

Aos 29 anos, Alex Muralha possui vínculos com o Flamengo, mas uma cláusula no contrato o permite negociar com outro clube a qualquer momento.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!