Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / CONFIANTE!

Alessandro Barcellos comenta possíveis saídas: "Se o Inter quiser…"

Diante de especulações de possíveis saídas, presidente do Internacional, Alessandro Barcellos, nega transferência e explica situações

Redação Publicado em 10/06/2024, às 12h39

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Flickr Internacional / Ricardo Duarte
Flickr Internacional / Ricardo Duarte

O retorno ao calendário após pausa pelas condições climáticas do Rio Grande do Sul também levou especulações em torno de possíveis saídas de destaques do Internacional. Apesar disso, o presidente do clube, Alessandro Barcellos fez questão de negar a saída de Bustos e Vitão, que seriam alvos de times da Europa.

"O Vitão tem contrato até junho, a situação é muito específica. Acaba o contrato dele com o Shakhtar e a partir daí trataremos de forma pública, e o Bustos tem contrato até fevereiro de 2025 com clausula de renovação para 2026. Só sairão do clube se o Inter quiser", informou o mandatário, apesar de não depender apenas disso.

O lateral-direito argentino já pode assinar um pré-contrato com qualquer clube que desejar partir, e até abriu conversas com o Villarreal por uma possível transferência. Mesmo assim, o jogador e seu estafe tentam evitar um desgaste com o Colorado, já que a direção demonstra interesse em sua permanência.

Enquanto isso, como citado pelo próprio Barcellos, Vitão está emprestado pelo Shakhtar Donetsk, mas seu vínculo na Ucrânia acaba no meio deste ano, com o empréstimo. Sendo assim, ficaria livre para assinar em definitivo com o Inter, mas o possível interesse do West Ham, da Inglaterra, pode dificultar a situação.

Vitão em ação pelo Internacional
Vitão em ação pelo Internacional- Getty Images

Mesmo assim, a renovação é tida como encaminhada internamente, segundo o "Globo Esporte", em um novo contrato que teria validade até o fim de 2027, protegendo o clube de interesses da Europa. De qualquer forma, a imprensa inglesa coloca o defensor na mira dos "Hammers", que foram negados por Fabrício Bruno nas últimas semanas.