Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » SOLTOU O VERBO

Advogado de Rony detona comportamento de Petraglia e Paulo André: "Foi uma ameaça velada"

Atacante segue com seu futuro indefinido e novela está longe do capítulo final

Guilherme Assumpção Publicado em 27/01/2020, às 18h02

Rony brilhou com o Furacão na temporada 2019
Rony brilhou com o Furacão na temporada 2019 - GettyImages

A negociação para a saída do atacante Rony segue se arrastando e o Athletico Paranaense parece que não que vai facilitar o acordo. No entanto, Carlos André de Freitas Lopes, advogado do jogador, afirmou que seu cliente não entrará em rota de colisão com o clube e sua transferência só será concluída após o Furacão liberar o atleta.

“O Rony adora o clube, ele é grato ao Athletico, nós somos gratos ao Athletico. Mas (a renovação) não está sendo boa para o Rony. Está sendo boa para o Petraglia, que só tem interesse financeiro nisso. Então, decidimos não aceitar. Os dois clubes estão discutindo com o Petraglia. A única coisa que entraram em contato para a gente é para dizer que só vão pagar 1 milhão de dólares, e 1 milhão de dólares não vamos aceitar porque foge daquilo que foi combinado”, falou o profissional em entrevista ao site UOL Esporte.

Rony é disputado por Corinthians e Palmeiras e a novela parece estar longe de um capítulo final. As propostas dos dois clubes estão avaliadas em 6 milhões de euros, mas a diretoria do Furacão discute com os representantes do atleta sobre as porcentagens deste valor.

“Decidimos criar um documento com o Athletico, onde, em caso de venda, o Rony teria direito a 1 milhão de dólares se alcançasse esse valor. Se não alcançasse esse valor, seria 50% do que alcançasse. Se fosse maior, então haveria um equilíbrio do negócio, também em favor do Athletico. O Athletico não poderia ficar no prejuízo. O que eles alegam é até absurdo porque se o Rony tivesse sido vendido 500 mil dólares, teriam que pagar 1 milhão de dólares? Como?”, explicou Carlos André.

Com o impasse da negociação, o Athletico decidiu afastar Rony do time principal e o jogador passou a treinar com os aspirantes. O advogado do atacante criticou a forma como os diretores do clube trataram a situação.

“O Petraglia e o (diretor de futebol) Paulo André, em retaliação, chamaram ele no vestiário do CT para dizer que o Dagoberto não andava na rua porque não quis aceitar a proposta do São Paulo ou coisa parecida. Foi uma ameaça velada. É o nível que se trata com Petraglia e Paulo André. Se eles acham que no grito, forçando e colocando o menino nos aspirantes vão conseguir isso, não vão. Pode colocar no sub-13, pode colocar onde quiser, não vão conseguir isso”, detonou.


5 itens do seu time do coração que você não pode ficar sem

1- Camisa Adidas São Paulo 2018 - https://amzn.to/31uv12K

2- Livro Maquete 3D Estádio Vila Belmiro - https://amzn.to/2IZ3AaY

3- Mochila Corinthians - https://amzn.to/2psy3ax

4- Caneca com Abridor,  Flamengo - https://amzn.to/31uUJnQ

5- Fone de Ouvido Cruzeiro - https://amzn.to/33GhR4d

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!