Sportbuzz
Testeira
Futebol / Polêmica!

Advogado de Najila Trindade rebate decisão do MP: “Não poderia ter pedido o arquivamento”

Responsável pela defesa da modelo afirmou que está descontente com a situação

SportBuzz Digital Publicado em 09/08/2019, às 14h14

Najila Trindade (Crédito: Reprodução Record TV)
Najila Trindade (Crédito: Reprodução Record TV)

Na última quinta-feira, 8, o Ministério Público se pronunciou e resolveu arquivar a acusação de estupro feita por Najila Trindade contra Neymar Jr, o que vai de encontro com a decisão tomada pelos representantes da 6ª Delegacia de Defesa a Mulher. Incomodado com a situação, o atual advogado da modelo, Cosme Araújo, resolveu se pronunciar sobre o caso.

Em entrevista para o Blog do Perrone, o responsável jurídico da loira disse que está disposto a marcar uma entrevista coletiva em São Paulo para poder trazer à tona maiores detalhes do que faz com que ele acredite que o desfecho do inquérito policial tenha injusto para a sua cliente.

"Não poderia ter pedido arquivamento, porque há justa causa para a deflagração de ação penal", alegou o advogado.

A fim de embasar suas palavras, Araújo citou o artigo 155 do Código de Processo Penal para justificar sua tese, que diz o seguinte:

"O juiz formará sua convicção pela livre apreciação da prova produzida em contraditório judicial, não podendo fundamentar sua decisão exclusivamente nos elementos informativos colhidos na investigação, ressalvadas as provas cautelares, não repetíveis e antecipadas".

Em outras palavras, ele quis deixar claro que o correto seria que a justiça não se baseasse apenas no inquérito policial e no Ministério Público, mas sim na busca de um esclarecimento do caso de acordo com o decorrer do processo.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!