Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Adversário do Palmeiras no Mundial de Clubes, técnico do Tigres manda recado ao Verdão: "Não temos medo"

Equipe venceu o Ulsan, da Coreia do Sul, e avançou para as semifinais da competição

Redação Publicado em 04/02/2021, às 18h07 - Atualizado às 19h01

Tuca Ferretti em ação
Tuca Ferretti em ação - GettyImages

Nesta quinta-feira, 4, o Palmeiras conheceu o seu adversário na semifinal do Mundial de Clubes da Fifa. Ulsan e Tigres se enfrentaram e os mexicanos acabaram levando a melhor sobre os coreanos e alcançaram uma vaga para a próxima fase do torneio continental. 

Depois da partida, Tuca Ferretti, treinador do Tigres, comentou sobre enfrentar o Verdão na semifinal do Mundial. O técnico brasileiro deixou claro que não tem medo dos rivais palmeirenses e colocou a equipe paulista no mesmo nível, de respeito, que o Ulsan,  

"O Palmeiras é igual a equipe coreana, merece todo o nosso respeito, mas não temos por que menosprezar um nem valorizar demais o outro. Nós tratamos todas as equipes com muito respeito, mas não temos medo de ninguém", disse. 

Vale ressaltar que, os mexicanos acabaram tendo muita dificuldade diante dos coreanos. O Ulsan até chegou a abrir o placar e sair na frente, porém Gignac apareceu, fez dois gols e colocou o Tigres na próxima fase do Mundial de Clubes da Fifa.

Tuca Ferretti analisou a partida desta quinta-feira, 4, e destacou a vontade de seu time em conquistar a classificação: "A equipe coreana e nós buscamos a vitória. Acredito que tivemos uma boa partida de futebol. E trabalhamos dentro das oportunidades que surgiram".

COMO FOI A PARTIDA? 

Na manhã desta quinta-feira, 04, o Tigres-MEX venceu o Ulsan Hyundai por 2 a 1, de virada, no Estádio Al Rayyan, e avançou à semifinal do Mundial de Clubes, disputado no Catar. Na próxima fase, o time mexicano vai enfrentar o Palmeiras, campeão da Libertadores.

O capitão Kee-Hee Kim abriu o placar para o time sul-coreano, e o atacante Gignac marcou duas vezes (um de pênalti) para virar ainda no primeiro tempo. 

O início da partida foi marcado por uma situação curiosa: as duas equipes reclamaram da qualidade da bola do Mundial. O problema tomou os primeiros quatro minutos do jogo. Os jogadores reclamaram algumas vezes da bola murcha e ela foi substituída.


O duelo contou com torcedores locais ocupando 30% da capacidade das arquibancadas. 

O Tigres não fez um bom começo de jogo, acabou sofrendo o gol, mas melhorou nos 15 minutos finais e conseguiu a virada com dois gols do atacante Gignac.

Aos 23 minutos, o Ulsan abriu o placar após cobrança de escanteio. O capitão Kee-Hee Kim subiu mais que a defesa adversária e fez desvio de cabeça, mandando para o fundo da rede.

Depois de sofrer o gol, o Tigres iniciou a reação e teve duas grandes oportunidades antes de chegar ao empate. Aos 37 minutos da primeira etapa, após cobrança de escanteio, o atacante Gignac ficou com a sobra depois de um desvio e bateu de chapa para mandar para o gol.

O time mexicano virou o placar já no fim do primeiro tempo, de pênalti. Após revisão no VAR, o árbitro viu mão na bola do capitão Kee-Hee Kim durante jogada de ataque do Tigres. Na cobrança, o atacante Gignac bateu no canto direito do goleiro, converteu e marcou seu segundo gol no jogo.

No segundo tempo, o Tigres teve mais chegadas, mas sem muita vontade. Nos minutos finais, a equipe mexicana não caprichou nas finalizações e segurou o resultado. 

O Tigres enfrenta o Palmeiras no próximo domingo, 07, às 15h (de Brasília), no estádio Cidade da Educação, pela semifinal do Mundial de Clubes.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!