Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Abel volta a falar que título brasileiro foi tirado do Internacional e dispara: "Teve sacanagem nos dois últimos jogos"

Treinador relembrou as polêmicas da arbitragem no vice-campeonato Colorado

Redação Publicado em 31/03/2021, às 07h12

Abel Braga quando ainda era treinador do Internacional
Abel Braga quando ainda era treinador do Internacional - GettyImages

Abel Braga ainda não engoliu as polêmicas de arbitragem no vice-campeonato brasileiro do Internacional. Em entrevista nesta terça-feira, 30, para a "Rádio Central" o técnico disse que "Teve sacanagem" nos dois últimos jogos, contra Flamengo, que seria o campeão, e Corinthians.

As reclamações são por conta da expulsão de Rodinei, na derrota por 2 a 1 para o Flamengo, no Maracanã, os dois gols anulados e um pênalti desmarcado depois da consulta ao VAR no empate por 0 a 0 com o Corinthians, no Beira-Rio.

Nesse caso, se ganhasse, o Internacional seria o campeão depois de 41 anos.

"A gente escuta tanta coisa, tanta bobagem, tanta besteira, vê tanta sacanagem. Eu te falo. Teve sacanagem nos dois últimos jogos do campeonato, sempre só para um lado, é complexo o negócio. Mas, fazer o que, o que consta é quem foi campeão, quem chegou em primeiro, mas não era para ser bem assim não", disse antes de continuar.

"Eles (Flamengo) até tiveram um futebol mais vistoso, mas nosso futebol era muito objetivo, operário e coletivo, e a gente não tinha medo de ninguém. O time não ia engatar nove vitórias seguidas à toa. Mas tiraram da gente, fazer o que, foi pena, um negócio meio inacreditável para muita gente", completou.

O treinador também comentou sobre a proposta que teve do Al-Wahda, dos Emirados Árabes, depois de deixar o Internacional. Segundo ele, a situação estava praticamente fechada, mas acabou não se concretizando.

"Eu estava em casa e já estava tudo acertado para ir para o Al-Wahda, rival do Al-Jazira, onde trabalhei, em Abu Dabi. Já tinha fechado número e comissão técnica também, mas aí na hora colocaram um treinador holandês pagando 30 mil dólares por mês. Até comentei que 30 mil dólares era o bicho na época do Al Jazira. Mas futebol é assim, tudo muito rápido. Agora espero ficar em casa e ver jogos melhores", finalizou.


 
 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!