Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / UAU!

Abel Ferreira revela bastidores de assinatura com Palmeiras, confira!

Abel Ferreira falou sobre algumas questões de bastidores de sua assinatura com o Palmeiras e contou que sua família pediu que ele não aceitasse o trabalho

Redação Publicado em 09/06/2022, às 08h54

Abel Ferreira conta bastidores de assinatura com o Palmeiras - Crédito: Getty Images
Abel Ferreira conta bastidores de assinatura com o Palmeiras - Crédito: Getty Images

Abel Ferreira é treinador do Palmeiras a quase dois anos e já conquistou diversos títulos, entrando para a história do clube em tão pouco tempo. Depois de conquistar um Paulistão, uma Recopa, uma Copa do Brasil e duas Libertadores, o treinador revelou que foi contra a vontade de sua família ao assinar com o Verdão.

Em entrevista concedida ao "Coaches' Voice", Abel revelou que sua família foi contra a sua assinatura de contrato com o Palmeiras. Além da diferença de culturas entre a Grécia, onde trabalhava, no PAOK, e o Brasil, existia também a incerteza sobre como seria a continuidade do treinador no comando, visto que o futebol brasileiro é um dos que mais demite os técnicos.

CANAL - SPORTBUZZ

"Meus pais disseram: "Não vás! Não vás! Não vás!". A minha mulher disse: 'Não vás! Não vás! Não vás!" Eu disse-lhe: "Se tu gostas de mim, vais continuar a gostar, mas eu vou'. Fui contra toda a minha família. Ninguém queria que eu viesse. Ninguém. Eu vim, única e exclusivamente por convicção própria. Mesmo sabendo que a média de permanência dos treinadores no Brasil são três meses", contou o treinador.

Apesar disso, o treinador contou que não mudou sua postura em relação às coisas desde que chegou  ao Brasil. Destacando a importância das relações pessoais, assim como fez em sua comemoração de um ano à frente do clube, o treinador manteve os títulos em segundo plano e priorizou a relação pessoal que criou com os profissionais do clube.

Abel fala sobre títulos
Abel Ferreira deixa títulos em segundo plano e preza pelo relacionamento com funcionários e atléticas - Crédito: (Flickr/Cesar Greco)

"Meus valores não mudaram nada desde que cheguei aqui. A única coisa que mudou é que tenho mais títulos. E as pessoas te reconhecem mais. Mas os meus princípios e a minha maneira de ser são exatamente iguais. Eu não consigo me lembrar dos troféus. Consigo me lembrar dos relacionamentos, dos afetos que criamos aqui, da família. A Libertadores, a taça, não é isso que me vem à mente. Vem todo o trabalho, todo o sofrimento, o atravessar o Atlântico e deixar a minha família para trás", desabafou o treinador.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!