Sportbuzz
Testeira
Futebol / CAMPANHA IMPRESSIONANTE!

As 4 últimas vezes que um clube nordestino terminou no G4 do Brasileirão

Fortaleza pode ser primeiro time do Nordeste a terminar no G4 do Brasileirão na era dos pontos corridos

Lucas Cesare Publicado em 28/10/2021, às 14h00 - Atualizado às 14h18

Fortaleza pode ser primeiro time do Nordeste a terminar no G4 do Brasileirão na era dos pontos corridos - Getty Images
Fortaleza pode ser primeiro time do Nordeste a terminar no G4 do Brasileirão na era dos pontos corridos - Getty Images

Após escapar por pouco do rebaixamento na última temporada (ficou em 16º com os mesmos 41 pontos do Vasco, que era o 17º), o Fortaleza se reinventou, foi atrás de reforços pontuais, trouxe um técnico estrangeiro e atualmente faz uma das campanhas mais impressionantes do Brasileirão 2021 até aqui.

O Leão do Pici, comandado pelo técnico argentino Juan Pablo Vojvoda é, sem dúvidas, uma das grandes sensações do futebol brasileiro na temporada. Campeão cearense, semifinalista da Copa do Brasil e atual terceiro colocado do Brasileirão, o time pode alcançar um feito inédito para equipes nordestinas.

Desde o início do Brasileirão por pontos corridos, em 2003, nenhuma equipe do Nordeste conseguiu terminar o Brasileirão no G4 da competição. A melhor campanha até aqui foi a do Vitória, em 2013, quando o time conseguiu terminar o campeonato na 5ª colocação.

Por isso, o SportBuzz trouxe para vocês uma lista com as quatro últimas vezes que um clube nordestino terminou o Campeonato Brasileiro entre os quatro melhores:

 

 

1999 - Vitória (3º colocado)

O Brasileirão de 1999 foi composto por duas fases, a primeira de pontos corridos, onde 22 equipes disputavam entre si e os oito melhores se classificavam para a segunda fase, disputada em formato mata-mata. O Vitória terminou a primeira fase na 6ª colocação e foi o único representante do nordeste que conseguiu se classificar.

Já no mata-mata, os rubro-negros eliminaram o Vasco nas quartas em um jogo histórico terminado em 5 a 4, mas acabaram perdendo para o Atlético Mineiro na semifinal. Assim, foram disputar o terceiro lugar com o São Paulo e saíram vencedores.

1993 - Vitória (2º colocado)

Já no Brasileirão de 1993, a primeira fase do campeonato era composta por quatro grupos de oito times. Os três primeiros colocados dos grupos A e B se classificavam para a segunda fase, enquanto os dois primeiros colocados dos grupos C e D disputavam os play-offs antes da segunda fase.

O Vitória, primeiro colocado do grupo C, se classificou para os play-offs, onde eliminou o Paraná por critério de gols fora de casa (já que empatou em 1 a 1 fora e depois 0 a 0 em casa). Depois, na segunda fase, os oito times se dividiam em dois grupos com quatro e o primeiro de casa grupo se classificava para a final.

Dessa forma, o Vitória conseguiu ficar na primeira colocação de seu grupo e se classificou para enfrentar o Palmeiras na decisão, onde acabou derrotado, por 1 a 0.

1990 - Bahia (4º colocado)

Em 90, o Brasileirão também era dividido em duas fases. O Bahia conseguiu ficar entre os melhores da etapa inicial e se classificou para disputar o mata-mata.

Nas quartas, o Tricolor eliminou o Bragantino pelo placar agregado de 4 a 3. Depois, enfrentou o Corinthians na semifinal e acabou derrotado. Assim, foi para a disputa do terceiro lugar contra o Grêmio e, após uma nova derrota, acabou na quarta colocação da competição.

1988 - Bahia (Campeão)

Em 88 o Bahia conseguiu se classificar entre os oito melhores e foi para a disputa do mata-mata. Nas quartas, enfrentou o Sport, outro clube nordestino, e se classificou após empatar os dois jogos com o Leão da Ilha.

Na semi, o Tricolor superou o Fluminense, pelo placar agregado de 2 a 1, e se classificou para a final, onde enfrentou o Internacional e, com dois gols de Bobô, venceu o primeiro jogo por 2 a 1 e, após um empate em 0 a 0 na segunda partida, comemorou o seu segundo título brasileiro.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!