Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Fórmula 1 / EITA!

Ricciardo desabafa sobre futuro após renovação de Pérez com RBR: “Ser…”

Renovação de Sergio Pérez com Red Bull Racing pode prejudicar vida de australiano Daniel Ricciardo, da Alpha Tauri, na Fórmula 1

Redação Publicado em 06/06/2024, às 15h32

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Daniel Ricciardo - Getty Images
Daniel Ricciardo - Getty Images

A renovação de contrato do mexicano Sergio Pérez com a Red Bull Racing, em um novo vínculo que vai até a temporada de 2026, deve ter sido um golpe pesado na vida de Daniel Ricciardo. O piloto australiano, que voltou para a ‘família’ Red Bull em 2023, dirigindo pela AlphaTauri (atual RB), sonhava em voltar a comandar o carro da escuderia principal na próxima temporada da Fórmula 1.

Com o contrato de Max Verstappen garantido até 2028, a chance do australiano de voltar a se sentar no banco principal da Red Bull para encerrar sua carreira na equipe parece cada vez mais distante. O anúncio da renovação do mexicano também afetou outros pilotos que tinham a RBR como possível destino. O japonês Yuki Tsunoda, da RB, e o espanhol Carlos Sainz, da Ferrari, também estavam interessados em atuar ao lado do holandês.

“Para Daniel Ricciardo, que esperava por uma oportunidade em 2025 ou 2026, esse contrato de dois anos de Perez praticamente fechou a porta. Aos 34 anos, seu tempo na Red Bull parece ter chegado ao fim. Alex Albon da Williams, se encaixaria bem na Red Bull, mas também deve ter seus planos alterados com a renovação de Perez”, afirmou o jornalista Craig Slater, da “Sky Sports”.

Ricciardo também aproveitou para falar sobre o assunto: “Ser campeão mundial de Fórmula 1 é o sonho de qualquer piloto. Mas sinceramente, em algumas corridas de 2022 (época em que o australiano ainda estava na McLaren) eu saía do carro pensando: ‘Talvez eu nunca mais volte a essa pista’. Só o fato de estar de volta, ter uma segunda chance, já me deixa grato. Isso não muda minha ambição. Quero ser campeão, vencer corridas e voltar a sentir aquela alegria. É por isso que estamos aqui. Terminar em quarto lugar com essa equipe foi como uma vitória. Se minha carreira acabasse aqui, com uma sequência de quartos lugares, eu estaria feliz? Sim, estaria. Mas isso não preencheria completamente a lacuna que existe. Eu ainda sinto que há coisas a serem conquistadas.”