Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Fórmula 1 / PRONUNCIAMENTO!

Mercedes defende Hamilton contra fala racista de Nelson Piquet

A Mercedes e F1 defenderam Hamilton depois que Nelson Piquet utilizou um termo racista para se referir ao piloto inglês; confira os pronunciamentos oficiais!

Redação Publicado em 28/06/2022, às 06h57 - Atualizado às 11h27

Mercedes e F1 defenderam Hamilton contra fala de Piquet - GettyImages
Mercedes e F1 defenderam Hamilton contra fala de Piquet - GettyImages

A Mercedese a F1se pronunciaram sobre o termo racista de Nelson Piquet contra Hamilton. Em vídeo que circulou nas redes sociais, de uma entrevista do brasileiro para o "Canal Enerto", onde o ex-piloto se refere ao inglês como "neguinho". A fala ganhou repercussão nacional e mundial e a escuderia e também a própria Fórmula 1 se posicionaram em relação ao ocorrido. 

A F1 e a Mercedes utilizaram o mesmo discurso e condenaram a fala de Nelson Piquet. Ambos defenderam Hamilton e se colocaram a favor do heptacampeão mundial. O discurso do brasileiro gerou uma grande polêmica nas redes sociais e o termo chegou a ser muito discutido por alguns no Twitter. Pela mesma plataforma, a escuderia deu todo o seu apoio para o britânico.

Canal - SportBuzz:

"Condenamos nos termos mais fortes qualquer uso de linguagem racista ou discriminatória de qualquer tipo. Lewis liderou esforços do nosso esporte para combater o racismo e ele é um verdadeiro campeão da diversidade dentro e fora da pista. Juntos, compartilhamos a visão de um automobilismo diversificado e inclusivo, e este incidente destaca a importância fundamental de continuar lutando por um futuro melhor”, escreveu a Mercedes em apoio para Hamilton. 

A F1 seguiu os mesmo passos de Hamilton e garantiu que o piloto da Mercedes "merece respeito": "Linguagens discriminatórias e racistas são inaceitáveis em qualquer forma e não fazem parte da sociedade. Lewis é um embaixador incrível para o esporte e merece respeito". Vale destacar que, até o momento, o inglês ainda não se posicionou em relação a fala de Nelson Piquet. 

Nelson Piquet dentro do carro de Fórmula 1
Nelson Piquet dentro do carro de Fórmula 1 (Crédito: GettyImages)

Entenda melhor o caso!

Nelson Piquet se envolveu em uma polêmica bastante complicada. Acontece que o "Canal Enerto", que é especializado nos assuntos da Fórmula 1, publicou um corte no "YouTube" de uma entrevista concedida pelo ex-piloto em novembro do ano passado, onde ele se refere ao britânico Lewis Hamilton com um termo racista.

"O neguinho meteu o carro e não deixou [o outro piloto desviar]". O Senna não fez isso. O Senna saiu reto. O neguinho deixou carro porque não tinha como passar dois carros naquela curva. Ele fez de sacanagem. A sorte dele foi que só o outro se fu*** [ Verstappen]. Fez uma pu** sacanagem", disse Piquet utilizando o termo racista.

FIA se posicionou sobre o caso!

"A FIA condena fortemente qualquer ato ou linguagem racista e discriminatória. Nos expressamos nossa solidariedade para Lewis Hamilton e daremos todo o suporte para o comprometimento dele com a igualdade, diversidade e também a inclusão no esporte a motor", escreveu. 

Hamilton se manifesta após termo usado por Piquet

Lewis Hamilton se manifestou pela primeira vez após a repercussão do termo racista usado por Nelson Piquet direcionado a ele. Após a Mercedes, FIA e Fórmula 1 repudiarem o episódio nesta terça-feira, 28, o heptacampeão mundial rebateu a fala do tricampeão e até fez um post em português pedindo mudanças.

“Vamos focar em mudar a mentalidade”, escreveu o piloto britânico. “É mais do que um termo. Essas mentalidades arcaicas precisam mudar e não têm lugar no nosso esporte. Fui cercado por essas atitudes e alvo de minha vida toda. Houve muito tempo para aprender. Chegou a hora da ação”, escreveu em outro post.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!